Nos últimos dias, fotos e vídeos do suspeito estão circulando pela internet. 

Por LD,
Lages/SC

               

Nos últimos dias, mensagens, fotos e vídeos tem circulado pela internet tratando de um homem que tem rondado casas em bairros de Lages, na Serra Catarinense, especialmente na zona Sul do município. O fato é que, ele tem provocado medo nas pessoas e com isso a Polícia Militar emitiu uma nota para esclarecer sobre as medidas tomadas, acalmar a população e orientando também sobre os cuidados que devem ser tomados tanto da divulgação de informações sobre o suspeito e também na proteção da população e de suas residências.

Segundo a nota, a PM já tem conhecimento do fato e a primeira medida já tomada foi a de reforçar o policiamento na zona Sul de Lages, região onde as informações apontam onde estaria o suspeito. A PM informou também que eles obtiveram a informação de que o suspeito sofre de algum distúrbio mental e que teria tentado invadir uma residência de uma mulher.

Nas fotos e vídeos divulgados nas redes sociais, o suspeito trata-se de Juliano Pereira Alves, de 36 anos, condenado pela morte com golpes de guidão de uma bicicleta de Rosângela Aparecida de Castro, de 38 anos, ocorrido em janeiro de 2012. No mesmo ano, ele foi a júri popular e condenado a 17 anos de prisão, no entanto, a Justiça o considerou semi-imputável (aquele que compreende apenas parcialmente o crime que cometeu), e assim reduziu a pena em um terço, sendo fixada em 11 anos e quatro meses de reclusão em regime fechado, mas atualmente Juliano cumpre pena em regime de Prisão Albergue, sem recolhimento. A execução penal está sob o controle da Comarca de São Joaquim. Na nota, a PM informa que já está sendo providenciado um relatório para comunicar o juiz e o promotor da Comarca de São Joaquim sobre a possibilidade de regredir o regime e volta dele a prisão.

A PM ainda salienta a população de qualquer ação suspeita a primeira ação é a de comunicar as autoridades policiais através do telefone 190. Sobre as publicações nas redes sociais, a PM também alerta para que a população tome cuidado ao repercutirem tais postagens.

Confira a nota da Polícia Militar na íntegra

O Comando do 6º Batalhão de Polícia Militar em Lages, após tomar conhecimento de que um homem estaria rondando casas, principalmente na área sul da cidade, imediatamente intensificou o policiamento.

Foram tomados os devidos procedimentos para o caso, com vistas a garantir a segurança de toda a população. A informação que se tem até o momento é de que ele sofre de algum distúrbio mental e tentou invadir a casa de uma senhora em Lages.

Homem cumpre pena em regime de Prisão Albergue, sem recolhimento. A execução penal, ou seja, o controle do processo ao qual ele está submetido é da Comarca de São Joaquim. A Polícia Militar está providenciando um relatório para a comunicação do juiz e promotor daquela comarca para ver a possibilidade de regressão de regime e volta dele para a prisão.

Há uma repercussão descontrolada nas redes sociais com informações falsas sobre o caso. A Polícia Militar alerta os cidadãos para que tomem cuidado ao repercutirem tais postagens. A orientação é para que busquem sempre os órgãos oficiais.

Cabe salientar que não somente para esse caso em específico, mas na rotina do dia a dia segurança nunca é demais. Portanto, é importante que todos se mantenham sempre atentos e, em caso de fatos concretos, podem ligar 190 que de pronto a Polícia Militar irá averiguar.