A missão é, a partir desta internacionalização de interesses, Lages e Covilhã, em Portugal, se tornarem cidades coirmãs em uma celebração de prosperidade econômica, turística e inovadora.

Por DANIELE MENDES DE MELO da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Nathalia Lima / ASCOM PML




As similaridades entre a Serra da Estrela, cuja capital é a cidade portuguesa de Covilhã e a Serra Catarinense motivaram a produção da Carta de Intenção de Cooperação Internacional assinada na tarde desta sexta-feira (9 de agosto), na abertura oficial do Web Summit, o maior evento de tecnologia e inovação do mundo, realizado no Centro de Inovação do Orion Parque, em Lages, nesta sexta. Lages será a única cidade do Brasil, fora das capitais, a sediar um destes eventos, formado por palestras, cases, conexões, música, comidas regionais e chopp. No sábado também tem roteiro de atrações.

A proposta do documento (Carta de Intenção), assinado pelo prefeito Antonio Ceron, e pelo vice-prefeito, Juliano Polese, propõe estreitar o intercâmbio nas áreas culturais, comerciais, esportivas, turísticas, de comunicações, tecnológicas e de amizade entre o Brasil e o país da Europa. A carta tem como destinatário o presidente da Câmara Municipal de Covilhã (Distrito de Castelo Branco, Província de Beira Baixa, em Portugal), Vitor Manuel Pinheiro Pereira, por intermédio do chefe de gabinete, Hélder Fazendeiro. “A expectativa é de que este documento atinja o propósito de frutificar e traga efeitos práticos para ambos os países, possibilitar a globalização de negócios em uma linguagem de desenvolvimento compreensível a favor do progresso”, pondera o prefeito Antonio Ceron, lembrando que há 300 anos vinha ao mundo Antônio Correia Pinto de Macedo, fundador de Lages, coincidentemente nascia na freguesia de São Tomé de Correlhã, do município português de Ponte de Lima. Enquanto isto, o secretário-adjunto de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Amândio João da Silva Junior, pontua que, “O Orion é uma modelagem para o Brasil inteiro. Santa Catarina pode se tornar, de fato e de direito, o Estado mais inovador do país. Temos todas as condições de criar uma sinergia com Portugal e gerar oportunidades de trabalho, basta darmos um ‘match’ nos negócios e tracionar o mercado numa verdadeira conexão”.

Uma comitiva de empreendedores em Portugal, a exemplo da empresa Bazaar, através de Laio Gastaldello Zambelo e daAtlantic Hub (Thiago Matsumoto e Eduardo Migliorelli); da Nacionalidade Portuguesa (Flavio Perón e Ema Cristina), e da Câmara de Comércio Brasil/Portugal-Santa Catarina, por intermédio de Jatyr Ranzolin, está participando do Web Summit em Lages e aproveitou para compartilhar experiências em um ciclo de palestras mostrando cases internacionais e possibilidades de abertura de empresas e trocas de experiências com ecossistema português, conteúdo este dirigido ao público do evento gratuito, e algumas destas autoridades com atuação em Portugal também rubricaram a Carta de Intenção, como também fez o secretário-adjunto de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Amândio João da Silva Junior. Também esteve presente, do próprio Web Summit, Tiago Cardoso, da NGuzu Project, representante oficial do evento no Brasil e Diogo Ribeiro Machado, sócio e diretor de Criatividade da empresa Glóbulo, organizadora do Web Summit em Lages, juntamente ao OrionParque e à NGuzu Project.

Mais cedo, o prefeito Ceron e o vice Polese participaram de uma reunião de articulação cultural, turística, tecnológica e econômica com Portugal, da qual se inteiraram, ainda, a organizadora do evento em Lages, empresa Glóbulo; o Instituto Órion, com seu presidente Valmir Tortelli; Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo; Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL); Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae); Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), e o Instituto Federal de Santa Catarina (Ifsc), entre outras entidades interessadas.

📷 Nathalia Lima / ASCOM PML

Em Lages, a Glóbulo está executando o Projeto Criaticidade, um trabalho de reposicionamento da cidade, validação dos seus eixos econômicos e criação de um propósito único para Lages. Neste movimento foi identificada a necessidade de Lages ter um relacionamento maior internacional, com engajamento de outros agentes de inovação, incluindo outros países. Este fator acelerou a análise sobre o contato entre Lages e Portugal.

Em torno de 450 pessoas se inscreveram para participar deste primeiro dia do Web Summit em Lages, vindas de 15 cidades dos três Estados da região Sul. Ao longo desta sexta se aprofundaram em assuntos pertinentes ao ecossistema da tecnologia e inovação. A edição de Lisboa, capital de Portugal, reuniu mais de 70 mil pessoas em 2018, e esta edição itinerante privilegia Santa Catarina e mais sete Estados brasileiros no que é denominado Web Summit On The Road.

Programação de sábado

No segundo dia (10 de agosto), sábado, com saída às 9h, no Hotel Le Canard e Hotel Fazenda Pedras Brancas, será promovido o evento Passeio Turístico, cujo percurso conta com a Vinícola D’Alture, de São Joaquim, a vinícola mais premiada da Serra Catarinense. Os admiradores do passeio também percorrerão a Serra do Rio do Rastro, em Bom Jardim, da Serra, com city tour no Mirante da Serra, almoço no Restaurante Mensageiro da Montanha, com café colonial no primeiro hotel fazenda do país, Hotel Fazenda Pedras Brancas, além da apresentação do Barbicacho Dança Show. Para saber mais basta entrar em contato com a @wturturismo (Viagens e Receptivo) pelo WhatsApp (49) 99961-4527.