Duas casas foram danificadas pelo fogo, sendo que uma foi praticamente destruída pelas chamas. .

Por LD,
Lages/SC

📷 Corpo de Bombeiros / Divulgação

Um incêndio deixou praticamente uma casa destruída e outra parcialmente danificada no início da madrugada desta quinta-feira (15) no bairro São José, em Bom Retiro, na Serra Catarinense. Uma terceira casa que ficava próxima das duas outras residências foi salva e não sofreu danos. Quando o Corpo de Bombeiros chegou ao local, todos os moradores haviam saído das residências.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a guarnição foi acionada por volta das 00h30 para atender a um incêndio em residência unifamiliar. No local, foi constatado que haviam três residências de madeira uma atrás da outra com menos de um metro de distância entre uma e outra. O fogo havia iniciado na residência do meio com labaredas de cerca de três metros, e já atingia a parte superior e os fundos da casa da frente e já se aproximava de atingir a residência de trás.

A primeira ação foi desligar a rede elétrica das residências. Os moradores vizinhos informaram que todos os moradores das residências já haviam saído das casas. Foi dado início aos trabalhos de combate às chamas atacando as chamas pelas laterais da casa do meio e logo de início também sendo realizado o resfriamento da residência de trás, posteriormente também foi feito o combate por fora e por dentro da residência da frente.

Na residência da frente ficou danificado o teto e a parede dos fundos da casa. Na casa do meio ficou praticamente toda destruída, restando apenas um banheiro de alvenaria; e apenas chamuscamento em pequena parte frontal da residência de trás. Alguns móveis e eletrodomésticos da casa da frente foram salvos.

Para o combate às chamas foram necessários o uso de mais de 12 mil litros de água, sendo necessário o reabastecimento de um caminhão antes de ser realizado o trabalho de rescaldo. A ocorrência contou com o apoio da Polícia Militar que ajudou a isolar a área.

Durante o atendimento desta ocorrência, a proprietária da residência da frente passou mal e precisou ser atendida, sendo que houve uma alteração na pressão arterial. Após o atendimento, ela se recuperou e não foi necessária a condução até um hospital.