Esta é a primeira ação de prevenção e controle populacional de cães e gatos voltada para o interior.

Por ARI JUNIOR da ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Divulgação

O controle populacional de cães e gatos tem sido uma preocupação da administração municipal. Pensando nisso, foram realizados, neste sábado (27 de julho), na sede do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), no bairro Tributo, 40 procedimentos gratuitos de castração de machos e fêmeas de cães e gatos, de moradores de localidades rurais do interior do município de Lages.

O prefeito Antonio Ceron e o vice Juliano Polese estiveram no local para acompanhar o trabalho da equipe técnica responsável. “O projeto foi criado para promover o controle populacional e de natalidade destes animais, com a missão de diminuir o abandono e o risco de transmissão de zoonoses, além da preocupação com a saúde dos animais de estimação de forma preventiva”, disse o prefeito.

Os responsáveis pelo projeto são a gerente do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Maricéia Coelho Bronner; gerente da Vigilância Ambiental, médico veterinário, Mayckon Padilha; gerente de vida animal, Jenniffer Gerber; médica veterinária do CCZ, Geanice Ledo; médico veterinário, Thiago Henrique Cordeiro, e a médica veterinária, Mayani Moraes Branco. “Os proprietários destes animais participaram do mutirão com as inscrições feitas de forma antecipada na Secretaria de Agricultura. Este trabalho em rede fortalece muito nossas ações de prevenção”, comentou a gerente do Centro de Zoonoses, Maricéia Coelho Bronner.  

A prefeitura de Lages, através das secretarias da Saúde, Serviços Públicos e Meio Ambiente, e Agricultura e Pesca, atende, deste modo, as comunidades da área urbana e meio rural. Esta mobilização teve o apoio da União Rural de Lages (Unir).