Dia da Família no Parque Ecológico encerra celebrações do Mês do Meio Ambiente


No Mês do Meio Ambiente, ao longo de junho foram promovidas oficinas, seminários, trilhas ecológicas, palestras, visitas técnicas, feiras, cinema e Projeto Conhecendo os Destinos do Lixo.

Por DANIELE MENDES DE MELO da ASCOM PML,
em Lages/SC

📷 Secretaria de Meio Ambiente / Divulgação
Junho foi o Mês do Meio Ambiente, e no sábado (29 de junho) foram realizadas atividades do Dia da Família no Parque Natural Municipal João José Theodoro da Costa Neto (Parnamul). À tarde houve oficinas de educação ambiental, de compostagem e de brinquedos recicláveis desenvolvidos pelo grupo de escoteiros Guardiões do Parque, e a oficina do Projeto Mãe Terra, promovida pelo Serviço Social do Comércio (Sesc). Além das crianças e adolescentes escoteiros, foram recebidos alunos do Projeto Guarda Mirim do Parque e pessoas da comunidade.

As crianças foram divididas em grupos e participaram de todas as oficinas, receberam mudas de suculenta para levar para casa (planta na qual a raiz, o talo ou as folhas foram engrossados para permitir o armazenamento de água em quantidades bem maiores que nas plantas normais para sobreviver em ambientes áridos e secos que para as outras plantas seriam inabitáveis), aprenderam a fazer a compostagem a partir dos resíduos orgânicos gerados em suas residências, conheceram brinquedos confeccionados com materiais reaproveitáveis, como latas de tinta e garrafas pet, e na oficina Mãe Terra foi possível se integrar em dinâmicas de sensibilização e cuidado com o meio ambiente. O período vespertino foi selado com o público percorrendo a trilha até a cachoeira e a trilha das Bracatingas, uma das maiores disponíveis no Parque, conhecendo-se melhor espécies da fauna e flora serranas. “Foi uma tarde agradável com tempo bom. A ideia é promovermos mais sábados com passeios a partir de setembro, em condições meteorológicas a contento, colocando em prática uma programação mais estendida com os nossos parceiros, que devem aumentar a cada edição. E que as pessoas aproveitem mais este espaço, fazer trilhas e piquenique nos finais de semana”, adianta a gerente de Educação Ambiental da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente, a bióloga Michelle Pelozato.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A convergência de esforços é indispensável para esta conscientização, pois a natureza “grita” por socorro e quanto mais pessoas se incorporarem à causa, melhor . O grupo de escoteiros tem auxiliado o Parque Natural diretamente, os integrantes montam lixeiras sustentáveis feitas com pallets de madeira e no sábado foi instalada uma unidade próxima à sede administrativa do Parque, no bairro São Paulo. Quatro exemplares já foram implantados em trilhas e pontos de descanso.

No Mês do Meio Ambiente, ao longo de junho foram promovidas oficinas, seminários, trilhas ecológicas, palestras, visitas técnicas, feiras, cinema e Projeto Conhecendo os Destinos do Lixo, ou seja, mais de 20 atividades. O roteiro foi organizado pela Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente, com apoio da Secretaria da Educação e mais 18 entidades públicas e empresas.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’