Em Lages estão agendadas cinco sessões. Além disso haverá conselhos de sentença em Bom Retiro, Curitibanos, Santa Cecília, Campos Novos, Fraiburgo e Joaçaba.

Por TAINA BORGES da ASCOM DO TJ-SC (COMARCA DE LAGES),
em Lages/SC 

📷 Pixabay / Divulgação

Comarcas das regiões da Serra e Meio Oeste catarinense têm definidas as pautas de julgamento pelo Tribunal do Júri para o mês de julho. Em Lages, estão agendadas cinco sessões. Conselhos de Sentença irão julgar em Bom Retiro, Curitibanos, Santa Cecília, Campos Novos, Fraiburgo e Joaçaba no próximo mês.  

Todas as terças-feiras, haverá sessão na comarca de Lages. Em duas delas serão julgados homicídios, nos dias 2 e 16 de julho. No dia 9, o réu será julgado por tentativa de feminicídio. Na terça seguinte, dia 23 de julho, quatro réus foram denunciados pelo Ministério Público por homicídio e tentativa de homicídio dolosos.

Caso de repercussão na região será julgado no dia 31 de julho. Três homens sentarão no banco dos réus acusados de feminicídio e ocultação de cadáver. A denúncia feita pelo Ministério Público diz que um deles matou a vítima com golpes de pedaço de lenha e outros dois o ajudaram a ocultar o cadáver. O fato ocorreu em 2016, em São José do Cerrito. O corpo da mulher não foi encontrado.

O júri popular em Campos Novos vai tratar de uma tentativa de homicídio ocorrida em 2014 naquela cidade. A vítima teria tentado acalmar uma briga em frente a um bar e atingido por golpe de faca. Ele foi socorrido e recebeu atendimento médico.  A sessão está marcada para o dia 11 de julho.

No dia 18 de julho, um homem será julgado em Bom Retiro por tentativa de homicídio. O Ministério Público denunciou o fato ocorrido em 2018, quando o acusado teria desferido golpes de faca mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, que foi socorrida e levada ao hospital da cidade.

Um homem será julgado pelo Tribunal do Júri em Joaçaba, no dia 19 de julho, por tentativa de homicídio. Na denúncia, consta que ele teria tentado tirar a vida da vítima com um golpe de pedaço de madeira e chutes, sem que ela pudesse se defender. O fato ocorreu em 2017.
Outra tentativa de homicídio será julgada pelo Conselho de Sentença. Essa em Santa Cecília, no dia 25 de julho. Conforme o MP, o réu teria surpreendido a vítima a tiros. O homem foi socorrido e levado ao hospital para atendimento médico, em 2016.

Os jurados do Conselho de Sentença da comarca de Fraiburgo têm um homicídio qualificado por motivo torpe para julgar no dia 26 de julho. O réu é acusado de matar a facadas um homem com quem teria se desentendido. O crime ocorreu em 2009.

Em Caçador haverá duas sessões do Tribunal do Júri, uma marcada para os dia 12 de julho e outra para 26 de julho. Na primeira, conforme denúncia do MP, um homem é acusado de homicídio qualificado pelo motivo fútil. Em 2018, ele teria matado uma mulher a pedradas depois de ter se sentido ofendido por ela. O fato ocorreu depois de saírem de uma danceteria da cidade. No segundo júri, um homem será julgado por duas tentativas de feminicio a menores de 14 anos
Na comarca de Curitibanos, no dia 31 de julho, quatro réus são acusados de homicídio qualificado pelo motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa do ofendido. O crime contra a vítima ocorreu em 2018 na Penitenciária Regional de Curitibanos.