O documento pertinente ao registro imobiliário aborda 339.694,95 metros quadrados doados pela prefeitura.

Por DANIELE MENDES DE MELO da ASCOM PML,
em Lages/SC 

📷 Toninho Vieira / ASCOM PML

Um novo passo para a implantação da unidade lageana da empresa Berneck S.A. Painéis e Serrados foi oficializado na tarde desta quarta-feira (12 de junho). A escritura pública de doação de imóvel urbano (terreno) foi assinada e entregue pelo prefeito Antonio Ceron ao gerente administrativo da unidade de Curitibanos, João Junir Sena Ribeiro, documento registrado no 4º Tabelionato e Ofício de Protestos, cuja quarta tabeliã é Yara Faria Camargo. A área sem benfeitorias, própria para edificação, é de 339.694,95 metros quadrados, situado no Distrito Industrial, bairro Cruz de Malta, próximo à ponte do rio Caveiras, na divisa entre Lages e Capão Alto.

Com o intuito de ampliar o desenvolvimento econômico de Lages, a prefeitura doou o terreno autorizada pelos regimentos da Lei Municipal nº: 4.270, de 11 de julho de 2018, alterada pela Lei nº: 4.277, de 6 de setembro de 2018, acrescentando-se dispositivos à Lei anterior. A legislação trata de áreas de terras declaradas de utilidade pública através dos decretos nº: 15.269 e 15.515.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Além dos 339 mil metros quadrados, adquiridos pelo Município, da empresa Seara Alimentos Ltda., de forma amigável, aBerneck efetuou uma compra direta com a família Arruda Schroeder de uma área com cerca de 80 mil metros, e existem outros 566.425 metros quadrados em trâmite judicial, porém, a Berneck já possui a posse deste montante, dada pela prefeitura com assinatura de termo de outorga de cessão de posse em outubro do ano passado. Portanto, o total de área ultrapassa 985 mil metros quadrados.

O procurador-geral do Município (Progem), Agnelo Miranda; o secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Mario Hoeller de Souza (Marião), e a escrevente Mirelle Klein, acompanharam o ato de formalização. “A expectativa é de que nos próximos dias, segundo nos relatou o gerente, senhor João Junir, sejam levantados os embargos em relação a uma das licenças ambientais e ainda neste mês de junho a empresa possa recomeçar a terraplanagem, porque o cronograma de implantação do empreendimento continua o mesmo, de que no final de 2020 a fábrica já esteja em operação. A prefeitura e a empresa estão fazendo a parte que lhes cabem, evidentemente que os proprietários estão dentro do seu legítimo direito e as coisas estão fluindo de maneira que dê tudo certo”, avalia o prefeito Antonio Ceron.  
Com investimentos de R$ 800 milhões na estrutura física com quase 99 mil metros quadrados, a terceira unidade do grupo deve gerar 550 empregos diretos. A Berneck tem filiais em Curitibanos e Araucária (PR).