O aeroporto pode ser utilizado regularmente por quaisquer aeronaves compatíveis com o código de referência 2C ou inferior. Estão autorizadas também operações especiais da aeronave ATR 72.

Por ALINE TIVES da ASCOM PML,
em Lages/SC

📷 Arquivo / ASCOM PML

Uma resolução bastante aguardada foi concluída nesta semana. O superintendente de Infraestrutura Aeroportuária da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Rafael José Botelho Faria, concedeu o Certificado Operacional de Aeroporto, de forma definitiva, à Prefeitura de Lages, operadora do Aeroporto Federal Antônio Correia Pinto. A portaria n°1.828/SAI foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (24 de junho).

A certificação operacional fica condicionada à manutenção pelo operador aeroportuário. O aeroporto pode ser utilizado regularmente por quaisquer aeronaves compatíveis com o código de referência 2C ou inferior. Estão autorizadas também operações especiais da aeronave ATR 72.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para o secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Mário Hoeller de Souza, cuja pasta é gestora do aeroporto, juntamente com a empresa responsável, este foi um ganho enorme para a cidade. “Depois de muito trabalho com as adequações necessárias, conseguimos o certificado operacional definitivo, pois antes operávamos com um documento provisório. Mas ainda há muita coisa a ser feita para melhorar cada vez mais”, destaca o secretário.