O projeto foi protocolado pelo suplente de vereador Moisés Savian (PT) em outubro do ano passado.

Por LD*,
em Lages/SC  

📷 Arquivo / LD Comunicação

Na sessão da última terça-feira (07/05) alguns vereadores questionaram a demora para entrar na pauta da proposta de emenda à Lei Orgânica no 3/2018 que pretende reduzir o teto de gastos no legislativo lageano. O projeto foi protocolado pelo suplente de Vereador Moisés Savian em outubro do ano passado e pretende reduzir o teto de gasto de 6 para 3%. O vereador Mauricio Batalha apresentou proposta substitutiva define o percentual em 4,5%. Ambos os projetos tramitam juntos aguardando a definição do novo percentual.

Na Comissão de Finanças os projetos haviam sido arquivados, no entanto, foi apresentado requerimento com a assinatura de 14 vereadores pedindo seu desarquivamento. Atualmente os projetos estão com a mesa diretora aguardando a decisão do Presidente da Casa, o Vereador Vone Scheuermann, de inserir na ordem do dia. Para Savian a aprovação da proposta será uma sinalização muito positiva da Câmara no sentido de estabelecer critérios mais regidos no uso dos recursos públicos, atendendo assim um desejo de toda a sociedade.

*Com informações de Moisés Savian