“Durante o evento são discutidas questões que influenciam a rotina dos Municípios e são apresentadas as reivindicações do movimento municipalista. A maioria das conquistas deve-se ao grande poder de mobilização e articulação dos gestores públicos municipais durante a Marcha”, prefeito Ceron.

Por ARI JÚNIOR* da ASCOM PML,
em Lages/SC 

📷 Pablo Gomes / ASCOM PML

A Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios é uma mobilização democrática, realizada anualmente desde 1998, e tornou-se o maior evento político do Brasil, contando com a presença de mais de cinco mil participantes: prefeitos, secretários municipais, vereadores, senadores, governadores, parlamentares estaduais e federais, ministros e presidente da República. Na manhã desta terça-feira (9 de abril) o prefeito Antonio Ceron participou da solenidade de abertura do evento, na Capital Federal.

A programação se estende até esta quinta-feira (11). Na abertura destaque para as palestras do presidente da República Jair Bolsonaro, Davi Alcolumbre, presidente do Senado Federal, Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, José Múcio Monteiro, presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Paulo Guedes, ministro da Economia, Luiz Henrique Mandetta, ministro da Saúde, entre outros.

“Durante o evento são discutidas questões que influenciam a rotina dos Municípios e são apresentadas as reivindicações do movimento municipalista. A maioria das conquistas deve-se ao grande poder de mobilização e articulação dos gestores públicos municipais durante a Marcha”, explica o prefeito Ceron.

Participam também da Marcha, a prefeita de Palmeira, Fernanda Córdova, o prefeito de Bom Retiro,Vilmar José Neckel, prefeito de Urupema, Evandro Frigo Pereira e o secretário executivo da Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures), Walter Manfrói.

Audiências

Durante a estada em Brasília, Ceron também irá à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para acompanhar o processo de duplicação da BR-116 até a ponte do Rio Caveiras, contemplando assim a futura fábrica da Berneck. O prefeito estará acompanhado de representantes da empresa, da deputada federal Carmen Zanotto e do senador Esperidião Amin, que já haviam ido ao órgão tratar do mesmo assunto com o vice-prefeito Juliano Polese no dia 30 de janeiro.
Outra pauta na agenda de Ceron será uma negociação para receber um terreno de propriedade da União junto à ferrovia a fim de possibilitar mais um loteamento para o município.

O prefeito tratará ainda de pendências atuais e negociações futuras nos Ministérios da Educação e Saúde e terá audiências com senadores e deputados federais de Santa Catarina em busca demais recursos para Lages.

*Com colaboração de Pablo Gomes