Em Lages, governador Carlos Moisés se compromete em honrar convênios firmados com o Município


“Também me sinto um pouco desta terra, um pouco lageano”, - Carlos Moisés da Silva.

Por DANIELE MENDES DE MELO da ASCOM PML,
em Lages/SC 

📷 Toninho Vieira / ASCOM PML

Na entrevista coletiva disputada entre os mais diversificados meios de comunicação de Lages com abrangência regional e estadual, o governador do Estado de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, junto a sua comitiva, estreou sua presença em Lages na tarde desta terça-feira (2 de abril) após fechados seus primeiros três meses à frente da administração do suporte aos 295 municípios. A coletiva foi acompanhada pelo prefeito Antonio Ceron, vice Juliano Polese e secretários de pastas municipais. “Eu também me sinto um pouco desta terra, um pouco lageano”, resume Carlos Moisés.

Embora o fantasma da tensão financeira que ainda abate o país e do cinto apertado das contas, o governador garantiu o repasse das verbas públicas firmadas junto à prefeitura de Lages para as obras de restauração e ampliação do Mercado Público Municipal, da revitalização da área central e de pavimentações urbanas. O Governo do Estado mantém 106 convênios ativos, estabelecidos em gestões anteriores.

Até dia 30 de junho deste ano deverão estar à disposição do Município a totalidade de R$ 15 milhões. “Não serão feitos novos convênios até estes em andamento estarem todos honrados e estas obras, terminadas. Este é um compromisso do Governo do Estado”, assegura o chefe do Executivo no Estado. A continuidade do cronograma da pavimentação asfáltica da Coxilha Rica também foi tranquilizada por parte do governador. “A primeira visita do governador a Lages movimentou a cidade. As notícias positivas por ele trazidas nos deixam mais aliviados e os recursos avalizados irão possibilitar a conclusão de duas das maiores obras em Lages”, enfatiza o prefeito Antonio Ceron.

Sobre apoio à Festa Nacional do Pinhão, Moisés antecipou que não haverá aporte financeiro para nenhuma festa em santa Catarina por enquanto. As verbas foram suprimidas justamente pela reordenação de prioridades e cortes de gastos. “A locação de vários espaços foi eliminada e 2.054 cargos comissionados em Função Gratificada (FG) foram cortados. Deverão ser economizados, em quatro anos, meio bilhão de reais.”

Entre as demais questões respondidas por Moisés na coletiva esteve a manutenção de estradas rurais e de rodovias sob responsabilidade da esfera estadual, as SCs. Na próxima quinta-feira (4 de abril), Moisés se reunirá com 21 representantes das Associações de Município, através da Federação catarinense de Município (Fecam), cuja presidência está com Joares Ponticelli, quando será apresentado o plano de manutenção em forma de consórcio com os municípios catarinenses. No planejamento consta também a implantação de usinas de asfalto e parceria com o sistema prisional que poderá oferecer serviços de conservação, a exemplo de capina e limpeza, em atividades executadas por detentos no modo de redução de um dia de pena para cada três trabalhados.

Pauta extensa

Sobre a Macrorregional de Saúde, Moisés lembrou que houve o pleito de reorganização do órgão, mas não confirmou se haverá transferência para Joaçaba, porém, garantiu a normalidade dos serviços à população. Outro assunto questionado pelos profissionais de comunicação na coletiva diz respeito a nova ala do Hospital Tereza Ramos e sobre a desativação de um dos andares da parte da instituição em funcionamento e realocação de pacientes, provocando o inchaço de atendimentos no Pronto-Atendimento (P.A.) Tito Bianchini em razão da espera por internações. Moisés adiantou que uma comissão formada por vereadores de Lages expôs as dificuldades e as demandas serão discutidas com a Secretaria de Estado da Saúde. “Por enquanto o que posso adiantar é que o assunto será retomado e veremos o melhor encaminhamento técnico.”

A respeito de concursos públicos ainda com editais em vigência para chamadas de aprovados, o governador ressaltou que o impedimento de acionamento dos futuros servidores está na obediência à Lei de Responsabilidade Fiscal. Entes os certames estão das polícias Militar e Civil, Instituto Geral de Perícias (IGP), Corpo de Bombeiros, Saúde e Educação. “O primeiro trimestre da administração já vai nos dar uma visão de despesas e enxugamentos, e aí poderemos estipular um cronograma”, pontua Carlos Moisés. Um Projeto de Lei (P.L.) foi encaminhado pelo Poder Executivo à Assembleia Legislativa (Alesc) para apreciação e votação com o objetivo de apertar os gastos, como a desarticulação e extinção definitiva das Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs).

Mais cedo, Moisés cumpriu agenda na Escola de Educação Básica (E.E.B.) Rubens de Arruda Ramos, bairro Coral, onde assinou a ordem de serviço para a reforma geral da instituição de ensino. O governador esteve pela manhã na Estação Experimental da Epagri em são Joaquim.




Em Lages, governador Carlos Moisés se compromete em honrar convênios firmados com o Município Em Lages, governador Carlos Moisés se compromete em honrar convênios firmados com o Município Reviewed by Lages Diário on abril 03, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.