A falta da mureta de proteção na ponte sobre o rio Carahá, no bairro Habitação, já foi tema de reportagem do Lages Diário no início da atual administração.

Por LD,
em Lages/SC 


📷 Ponte continua sem mureta após dois anos. (Foto: Maurício Santos / Lages Diário)

Há mais de dois anos pedestres e motoristas que trafegam pela avenida Belizário Ramos na altura da ponte Álvaro Neri dos Santos, no bairro Habitação, na zona Leste de Lages, convivem com um risco eminente de queda e até mesmo uma coisa mais grave acontecer devido a falta de parte da mureta de proteção sobre a ponte.

O Lages Diário esteve novamente no local neste fim de semana, mais de dois anos depois de ter já denunciado e cobrado do poder público em matéria realizada no dia 26 de janeiro de 2017, mas o que pode constatar que de lá para cá, nada foi feito para ao menos amenizar a situação de claro risco aos pedestres que passam diariamente pelo local. Na matéria de 2017, o secretário municipal de Obras e Planejamento, Claiton Bortoluzzi, informou que iria “encaminhar uma equipe para fazer a averiguação e agendar a recuperação da mureta” e garantiu que a mureta seria consertada o mais breve possível. Passados dois anos, a mureta continua da mesma forma que o Lages Diário encontrou.

📷 Situação da ponte em janeiro de 2017. (Foto: Arquivo / Lages Diário)

Vereador também cobra providências


Na última semana, o vereador Lucas Neves (Progressistas) também cobrou providências do poder municipal para a pronta reforma do local que coloca diariamente pedestres e motoristas em perigo, aliás, o vereador destacou que muitas crianças passam pelo local já que muito próximo desta ponte fica localizada a Emeb Nicanor Rodrigues Goulart.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em seu manifesto em uma rede social, Lucas Neves destaca que já fez dois pedidos à prefeitura para realizar a manutenção no local, uma em outubro de 2018 e outra em fevereiro deste ano, mas em nenhuma foi atendido. “Estive lá de novo e fiquei pensando que talvez estejam esperando alguém cair no rio para tomar uma atitude!”, disse o vereador na publicação.