O Lages Diário percorreu algumas vias e o que se viu foram pontos de depósito de lixo a céu aberto. Moção legislativa apresentada nesta semana na Câmara sugere à Prefeitura a instalação de caçambas chamadas de "Ecopontos" em alguns bairros da cidade.

em Lages/SC 


📷 Sofás, vasos sanitários, tênis e outros tipos de lixos sendo descartado na antiga BR-2, no bairro Santa Clara. (Foto: Maurício Santos / Lages Diário)
Em pleno ano de 2019, e ainda se vê lixo sendo descartado de forma irregular em verdadeiros depósitos a céu aberto. Claro, não é uma exclusividade de Lages, mas é inacreditável ainda se deparar com cenas como o que o Lages Diário viu percorrendo alguns pontos da cidade, cidade esta que conta com coleta de lixo tanto comum, realizada por uma empresa licitada, como a coleta seletiva realizada por uma cooperativa em parceria com a prefeitura do município.

E o que se viu não é apenas lixo comum, mas foi possível ver também o descarte irregular de sofás, pneus, garrafas e até mesmo partes de eletrônicos como televisão e máquinas de lavar roupas, o que é ainda mais grave, já que esses produtos são ainda mais prejudiciais ao meio ambiente.

📷 Lixo descartado na rua 2152 no bairro Santo Antonio, na zona Sul de Lages. (Foto: Maurício Santos / Lages Diário)
As situações mais graves que podemos ver foi na antiga BR-2, no bairro Santa Clara, na zona Sul da cidade, onde o descarte é em vários pontos da via. Por lá encontramos sofás, pneus, garrafas, madeiras, e muito lixo. Já na rua 2152, no bairro Santo Antônio, também na zona Sul, outro ponto de descarte de lixo irregular com vários produtos sendo descartados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O LD ainda passou pela rua Professor Simplício que liga a BR-282, no bairro Boqueirão, aos bairros Gralha Azul e São Pedro, na região central de Lages. Por lá, também foi possível ver diversos pontos com descarte irregular de lixo.

📷 Parte de sofá queimado e lixo na rua Professor Simplício, no bairro Gralha Azul. (Foto: Maurício Santos / Lages Diário)

📷 Lixo descartado na antiga BR-2, no bairro Santa Clara, na zona Sul de Lages. (Foto: Maurício Santos / Lages Diário)

Moção legislativa pede a instalação de caçambas para descarte de lixo nos bairros

📷 Modelo de Ecoponto em Campo Grande. (Foto:
Saul Schramm / Campo Grande News)
Na sessão na Câmara dos Vereadores de Lages da última terça-feira (26), o vereador Lucas Neves (Progressistas), apresentou uma moção legislativa que sugere à prefeitura de Lages, a instalação de caçambas em pontos estratégicos de Lages, principalmente em bairros carentes e/ou distantes que serão determinados pelo Executivo, denominados como “Ecopontos”.

Segundo o documento, o principal objetivo da moção é a de amenizar o descarte irregular em Lages, instalando caçambas em pontos estratégicos já que diariamente sofremos com o descarte irregular pelas ruas da cidade. O vereador ainda frisa que são rotineiras as reclamações recebidas na Câmara, referente às pessoas que realizam diariamente o descarte de lixos e entulhos em locais impróprios, como “vielas”, terrenos baldios e outros, propiciando a proliferação de animais infectocontagiosos que podem transmitir doenças.

A implantação do projeto “Caçamba nos Bairros” irá amenizar o problema que atualmente afeta vários bairros de Lages, garantindo a todos uma melhor qualidade de vida e a proteção do meio ambiente, justifica a moção.

📷 Lucas Neves é o vereador proponente de instalação de caçambas conhecidas como "ecopontos". (Foto: Deise Ribeiro / Câmara Lages)