Desde 2013, 200 jovens já foram capacitados, através da metodologia da alternância, ficando três dias por mês na escola e os demais dias nas propriedades rurais de seus pais. Já a metodologia aplicada é da cooperação, que entre outras coisas proporciona o desenvolvimento de projetos individuais e coletivos, no meio rural.

Por IRAN ROSA DE MORAES da ASCOM PML,
em Lages/SC 

📷 Marcelo Pakinha / ASCOM PML

O vice-prefeito Juliano Polese, representando o prefeito Antonio Ceron, participou do Encontro Regional de Jovens Empreendedores Rurais da Serra Catarinense, realizado nesta quinta-feira (14 de março) na Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), promovido pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), Governo do Estado e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com apoio da Secretaria Municipal da Agricultura e Pesca.

O evento que teve a presença da vice-governadora do Estado de Santa Catarina, Daniela Reinehr, reuniu filhos de agropecuaristas que realizaram cursos ministrados pela Epagri, através do Projeto Ação Jovem, voltado à formação de lideranças, gestores e empreendedores no meio rural.

O Ação Jovem é desenvolvido em nível estadual, em 13 centros de treinamento da Epagri, sendo que na Serra Catarinenseos jovens fizeram o curso no centro localizado no município de São Joaquim.  Desde 2013, duzentos jovens já foram capacitados, através da metodologia da alternância (originado na França), ficando três dias por mês na escola e os demais dias nas propriedades rurais de seus pais. Já a metodologia aplicada é a da cooperação, que entre outras coisas proporciona o desenvolvimento de projetos individuais e coletivos, no meio rural.

No encontro, na Uniplac, os jovens puderam interagir, apresentando projetos desenvolvidos durante o curso.

O próximo curso será realizado de abril a novembro deste ano e as inscrições já estão abertas nos escritórios da Epagri, em todo o Estado.

Incentivos à Agropecuária

O secretário Executivo da Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures), Walter Manfrói, disse durante o encontro dos Jovens Empreendedores que o governo não deve tirar os incentivos à agropecuária, sob pena de se perder em competitividade para outras regiões produtoras. “Não se come, se não se planta e para isso os incentivos são necessários”, disse Manfrói.

Já a vice-governadora, Daniela Reinehr, afirmou: “vamos aproximar o Governo do Estado dos produtores rurais, do meio rural, pois queremos fomentar o desenvolvimento do capital humano plenamente e ver todo o potencial de Santa Catarina desenvolvido”.

O vice-prefeito Juliano Polese falou que “cada agricultor deve ser tratado como um empresário, empreendedor, pois ele sabe fazer bem feito e cada vez mais deve ser capacitado”.