Garganta do Diabo: o nome pode até assustar, mas o que impressiona mesmo é a beleza

Um verdadeiro paraíso, mas pouco conhecido para muitos lageanos, fica a cerca de 20 quilômetros do Centro de Lages, na Serra Catarinense.

Por @OMAURICIOFS do LD,
em Lages/SC 

📷 Maurício Santos / LD Comunicação
Com um nome que até pode dar medo, mas que conquista os amantes de atividades ao ar livre, caminhadas e que gostam de se sentir em sintonia com a natureza, a Garganta do Diabo, na localidade de Pedras Brancas, em Lages, é um local de tranquilidade e paz e a apenas 20 quilômetros do Centro de Lages, na Serra Catarinense, sendo apenas sete quilômetros sem asfalto.

::: VEJA MAIS FOTOS DA GARGANTA DO DIABO EM LAGES

📷 Maurício Santos / LD Comunicação
O Lages Diário acompanhou um grupo de caminhada que realizou o Trekking Garganta do Diabo na tarde deste sábado (16). Um grupo formado por amantes de trilhas e que gostam sempre de estar em meio a natureza para fugir um pouco da loucura no dia a dia da vida urbana.

Segundo um dos integrantes do grupo e organizador do trekking deste sábado, Alexandre Marcelino, o grupo começou no ano passado e praticamente todos os fins de semana eles se organizam e realizam trilhas por lugares do interior de Lages e também em outras cidades da região. Ao longo de 19 edições, várias pessoas participaram, tanto é que cerca de 160 pessoas estão no grupo de WhatsApp que eles criaram para compartilhar dicas de novas trilhas e também para se organizarem para a prática esportiva. Na edição deste sábado na Garganta do Diabo foram 22 participantes.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Trekking da Garganta do Diabo



📷 Maurício Santos / LD Comunicação

Nosso ponto de encontro foi em frente a uma panificadora na avenida Presidente Vargas, no bairro Coral. Saímos em direção a fazenda, por volta das 13h45, e levamos cerca de 20 minutos para chegar até o portão de acesso a fazenda. Nos alongamos, recebemos um kit com água e frutas para encaramos o desafio. Entre subidas e descidas, rodeado de belas paisagens em um percurso de três quilômetros de ida - seis no total -, fomos agraciados com um verdadeiro espetáculo formado pela natureza, como os imponentes paredões com mais de 50 metros de altura formando um verdadeiro cânion com as águas do Rio Caveiras passando lá embaixo. Ótimo lugar para se deslumbrar com a natureza e as paisagens, além dos paredões, o lugar também encanta pelas águas – ainda límpidas – do Rio Caveiras que corre em meio aos paredões, algumas pequenas quedas d’água e também algumas corredeiras. Claro, tudo propício para registrar nas câmeras fotográficas e celulares um local como este, pouco conhecido pela maioria dos lageanos, mas que quem tiver a oportunidade, fica a dica, pois vale muito a pena conhecer.
                                                                                                     
Se estiver interessado em conhecer a Garganta do Diabo em Lages, vai aqui a nossa recomendação. Esse paraíso natural fica em uma propriedade particular, por isso é necessário expressamente a autorização do proprietário da fazenda para liberar o acesso e recomenda-se também que vá acompanhado de alguém que já conheça o local, e jamais vá sozinho por mais que conheça, pois apesar de ser um belo local, alguns pontos são de difícil acesso e sinal de celular não funciona nesta região. 


📷 Maurício Santos / LD Comunicação

📷 Maurício Santos / LD Comunicação

📷 Maurício Santos / LD Comunicação

📷 Maurício Santos / LD Comunicação

📷 Maurício Santos / LD Comunicação

📷 Maurício Santos / LD Comunicação





Garganta do Diabo: o nome pode até assustar, mas o que impressiona mesmo é a beleza Garganta do Diabo: o nome pode até assustar, mas o que impressiona mesmo é a beleza Reviewed by Lages Diário on março 16, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.