Vias urbanas requerem serviços de manutenção permanente


Lages tem 400 quilômetros de vias urbanas sem pavimentação, incluindo os mais de 70 bairros e loteamentos.

Por IRAN ROSA DE MORAES da ASCOM PML,
em Lages/SC

📷 Divulgação

Trabalhos permanentes de recuperação de ruas pavimentadas com paralelepípedo ou lajotas, assim como das ruas sem pavimentação, com patrolamento e cascalhamento, são realizados por equipes de servidores e maquinário próprio da prefeitura de Lages, através da secretaria de Planejamento e Obras. Grande parte das vias públicas urbanas é pavimentada com pedra basalto ou com lajotas de concreto, as quais com o tempo apresentam desníveis e deslocamentos, tanto dos paralelepípedos, quanto das lajotas, requerendo, desta forma, serviços de recuperação estrutural rotineira e permanente.

Além destes serviços, são executadas obras de manutenção em pontes e de drenagem pluvial (desobstrução de bocas de lobo), construção de caixas de inspeção e implantação de tubos de concreto para canalização de córregos urbanos, entre uma série de outras obras básicas necessárias à manutenção geral das vias públicas. “A cidade de Lages tem em torno de 400 quilômetros de ruas sem pavimentação, sendo que nestes primeiros anos da atual administração público-municipal nossas equipes estiveram em todos os 70 bairros, executando obras e serviços básicos de manutenção e melhorias da vias urbanas”, destaca o secretário municipal, Claiton Bortoluzzi.




Vias urbanas requerem serviços de manutenção permanente Vias urbanas requerem serviços de manutenção permanente Reviewed by Lages Diário on fevereiro 18, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.