Em grupo de WhatsApp, servidores do Pronto Atendimento ridicularizam vereadores de Lages

As conversas foram divulgadas pela Rádio Clube na manhã desta segunda-feira (21) e posteriormente nas redes sociais dos vereadores Jair Junior (PSD) e Lucas Neves (Progressistas) alvos das críticas no grupo.

Por LD,
em Lages/SC

📷 Alguns trechos das conversas divulgadas. (Foto: Reprodução / WhatsApp)

Uma polêmica tomou conta das redes sociais e da imprensa nesta segunda-feira (21) envolvendo alguns servidores do Pronto Atendimento Tito Bianchini e os vereadores Jair Junior (PSD) e Lucas Neves (Progressistas) após conversas dos servidores em um grupo de WhatsApp relacionado ao Pronto Atendimento terem sido divulgados na Rádio Clube de Lages e depois ter tomado conta das redes sociais. O conteúdo das conversas eram em grande parte criticando e  ridicularizando os vereadores que haviam visitado o Pronto Atendimento para fiscalizar o atendimento à população dias antes.


No conteúdo das conversas é possível identificar uma das servidoras criticando os vereadores por terem comparecido no local. “Vão fazer um voluntário no pa [sic] pra ver como se trabalha”, na mesma conversa ela chama o "povo é mto [sic] ignorante” ao se referir ao público que reclama mesmo quando, segundo ela, o atendimento em Lages é de qualidade. Outra servidora diz “vão carpi um lote!”. Já outro servidor manda o print de uma publicação do vereador Lucas Neves visitando o Pronto Atendimento e coloca a legenda “mais [sic] vão racha uma lenha”. O mesmo servidor já havia escrito em determinado momento da conversa que o vereador “Lucas Neves da [sic] o tapa esconde a mão. Conheço esse tipo de gente” e ainda criticou o vereador Jair Junior por sua estatura. “Jair Júnior é um frustrado. Tenta compensar sua anição agindo dessa forma”, diz o servidor.

Em outra parte, uma das servidoras critica a imprensa em especial o apresentador do programa Clube Repórter, da Rádio Clube, Daniel Goulart. “Mais isso a grande culpada é a mídia. O Daniel com suas mentiras e absurdos”, enfatiza e outra conclui “esse pessoal nem sabe como funciona o fluxo, a classificação por exemplo, e vai falar bobagem nas matérias”.

O que dizem os vereadores

Em publicações nas suas redes sociais ambos os vereadores que foram mencionados nas conversas repudiam o desrespeito por eles e também pela população. Jair Junior esclareceu que isso “não representa a opinião da maioria” e conclui que “para eles, errados somos nós em cobrarmos melhorias. Essa é a saúde levada a sério”.


Já o vereador Lucas Neves, postou o vídeo da transmissão ao vivo no Facebook da Rádio Clube onde o apresentador Daniel Goulart lê algumas das mensagens na conversa do grupo dos servidores do Pronto Atendimento e publicou uma nota de repúdio. Nela explica que faz desde o início do mandato visitas periódicas ao Pronto Atendimento, diz que a última visita foi no dia 10 de janeiro às 23h30. “Sempre tive profundo RESPEITO pelos servidores que desempenham suas funções por lá!” e criticou os servidores que o ridicularizaram e o xingaram. “Uma tremenda falta de respeito, pois além de criticar a minha visita, ainda chamaram as pessoas que buscam atendimento lá de ignorantes” e ainda aponta que “se não querem ser cobrados pela população e pelos vereadores, que peçam exoneração e vão trabalhar na iniciativa privada”. 



Visualizar esta foto no Instagram.

REPÚDIO A FALTA DE RESPEITO Quem acompanha meu trabalho sabe: desde o início do meu mandato faço visitas periódicas no Pronto Atendimento Tito Bianchini, em dias e horários alternados, pra saber como está o serviço. Faço isso porque meu papel é justamente fiscalizar, identificar problemas e cobrar soluções por parte da Secretaria de Saúde (responsável pelo serviço). A última visita que fiz foi no dia 10 de janeiro, às 23h30min. Sempre após as visitas eu relato, nas minhas redes sociais, o que vi e o que precisa melhorar. E sempre tive profundo RESPEITO pelos servidores que desempenham suas funções por lá! Pois, bem. Acontece que após a minha visita, em que constatei demora de até duas horas em alguns atendimentos, além da falta de profissionais, funcionários do Pronto Atendimento resolveram RIDICULARIZAR e XINGAR o meu trabalho no grupo de WhatsApp deles. Uma tremenda falta de respeito, pois além de criticar a minha visita, ainda chamaram as pessoas que buscam atendimento lá de ignorantes. E o mais revoltante: isso foi dito pela senhora Mauren Farias dos Santos, GERENTE DO PRONTO ATENDIMENTO, pessoa que deveria dar o exemplo e ter uma postura diferente em função do CARGO DE CONFIANÇA que ocupa. Isso mesmo: ela chamou a população de IGNORANTE. A mesma população que paga o salário deles (os servidores). Será que se esquecem que somos (me incluo nessa) funcionários da população? Como podem desrespeitar de tal forma as pessoas que são a razão deles estarem lá? Como podem ridicularizar um vereador eleito democraticamente para fiscalizar o trabalho deles? Perderam a noção do que é o serviço público, perderam a noção do que é respeito. Se não querem ser cobrados pela população e pelos vereadores, que peçam exoneração e vão trabalhar na iniciativa privada! As conversas de WhatsApp, que mostram que estão mais preocupados em ficar de papo nos grupos, do que atender a população, foram divulgadas pela Rádio Clube, na manhã desta segunda (21/01), no programa do comunicador Daniel Goulart. Fiz questão de separar os piores trechos das conversas, para que vocês saibam as tantas dificuldades que um vereador enfrenta para conseguir defender aquilo que é interesse de todos!
Uma publicação compartilhada por LUCAS NEVES (@lucasneves.sc) em

O que diz a Secretaria de Saúde

O Lages Diário entrou em contato com a Secretária de Saúde de Lages, Odila Maria Waldrich, onde questionamos sobre o posicionamento da secretaria sobre o episódio e se está sendo apurado a conduta dos servidores mencionados. Além disso, também questionamos se alguma medida foi ou vai ser tomada nos casos destes servidores envolvidos. 

A secretária respondeu que tomou conhecimento do caso através do rádio e que em conversa com o prefeito em exercício Juliano Polese (Progressistas) estão tomando as medidas cabíveis e apurando os fatos.




Nenhum comentário