Acidente envolvendo ônibus que saiu de Lages deixa seis mortos no Paraná

Colisão com caminhão deixou outras 15 pessoas, entre elas, duas crianças, ficaram feridas.

Por LD,
em Lages/SC

📷 Rádio Itapuã / Divulgação

Atualizado em 14/01/2019 às 12h56

Um acidente envolvendo um ônibus da Auto Viação Catarinense e um caminhão matou seis pessoas e deixou outras 15 feridas no Sudoeste do Paraná, na madrugada desta sexta-feira (11).


Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) do Paraná, a colisão envolveu o ônibus da Catarinense que saiu de Lages, na Serra Catarinense, com destino a Foz do Iguaçu, no Oeste paranaense quando na PR-280, entre os municípios de Mariópolis e Clevelândia acabou colidindo lateralmente com o caminhão.

No ônibus haviam 28 passageiros, sendo que o motorista identificado como sendo Roberto Donizete Nunes, de 51 anos, e outros quatro passageiros morreram no local. Além de Roberto, uma passageira também foi identificada como sendo Maria Sueli Vieira Padilha - já as outras três vítimas fatais não haviam tido os nomes divulgados. Outras 15 pessoas ficaram feridas, sendo 14 passageiros do ônibus – sete homens, cinco mulheres e duas crianças – uma de três anos e outra de três meses –, além do motorista do caminhão, de 58 anos.

Posteriormente, na madrugada de segunda-feira (14), mais uma vítima que estava internada na Policlínica de Pato Branco, a jornalista Franciele Gasparin, de 28 anos, natural de Curitibanos, no Meio Oeste catarinense, foi a sexta vítima que veio a falecer em decorrência do acidente. 

O motorista do caminhão foi socorrido e após ser liberado do hospital foi preso por estar dirigindo sob influência de álcool. Ele teria invadido a pista contrária e atingido o ônibus. 

Em nota, a Catarinense informou que o ônibus teria saído de Lages às 17h e lamentou o ocorrido e disse que está priorizando a assistência às vítimas e seus familiares e colaborando com as autoridades para esclarecer as causas do acidente e que “o veículo circulava em velocidade regular”.

Equipes do Corpo de Bombeiros e SAMU trabalharam no resgate às vítimas que foram encaminhadas para os hospitais da região. 






Nenhum comentário