Marcius Machado é eleito deputado estadual


Candidato que foi segundo colocado nas eleições de 2016 para a prefeitura, garantiu uma das 40 vagas para a Assembleia Legislativa.

Por LD,
em Lages

📷 Marcius Machado ao lado do pai vota em Lages. (Foto: Divulgação)

O candidato Marcius Machado (PR) conquistou uma das 40 vagas para a Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) a partir de 1º de janeiro de 2019 para um mandato de quatro anos. O cientista político foi o único representante da Serra Catarinense a se eleger e irá representar a região na Assembleia.

O ex-vereador e segundo mais votado nas eleições municipais de 2016, Marcius somou 30.277 votos, ficando em 35º lugar no total de votos válidos.

Outros candidatos

Em Lages, haviam 14 candidatos a deputado estadual representando a região da Serra Catarinense. Confira a votação e a colocação cada um ficou.

35º Marcius Machado (PR) – 30.277 votos (0,83%)
50º Lucas Neves (PP) – 26.794 votos (0,73%)
54º Gabriel Ribeiro (PSD) – 24.116 votos (0,66%)
123º Thiago Oliveira (MDB) – 7.926 votos (0,22%)
142º Bruno Hartmann (PSDB) – 5.841 votos (0,16%)
189º Amarildo Farias (PT) – 2.865 votos (0,08%)
280º Rosane Machado (PSD) – 518 votos (0,01%)
298º Pr. Carlos Varellla (DC) – 278 votos (0,01%)
338º Simone Oberziner (AVANTE) – 98 votos (0,01%)
353º Vilson Rodri (PRP) – 6 votos (0,01%)
366º Professor Marcos Mendes (REDE) – 1.748 votos (0,05%)
383º Marcos Mendes (PMN) – 608 votos (0,02%)
403º Professor Chaves (PATRI) – 315 votos (0,01%)
411º Missionário Elvio (PATRI) – 234 votos (0,01%)

Confira os candidatos eleitos a deputado estadual

1.    Alba (PSL) – 62.762 votos (1,71%)
2.    Luciane Carminatti (PT) – 61.271 votos (1,67%)
3.    Julio Garcia (PSD) – 57.772 votos (1,58%)
4.    Ismael (PSD) – 54.165 votos (1,48%)
5.    Paulinha (PDT) – 51.739 votos (1,41%)
6.    Cobalchini (MDB) – 49.355 votos (1,35%)
7.    Felipe Estevão (PSL) – 47.390 votos (1,29%)
8.    Sergio Motta (PRB) – 45.181 votos (1,23%)
9.    Coronel Mocellin (PSL) – 45.086 votos (1,23%)
10. Fernando Krelling  (MDB) – 44.356 votos (1,21%)
11. De Nadal (MDB) – 42.507 votos (1,16%)
12. Marlene Fengler (PSD) – 41.684 votos (1,14%)
13. Volnei Weber (MDB) – 41.353 votos (1,13%)
14. Dr. Vicente Caropreso (PSDB) – 40.132 votos (1,10%)
15. Kennedy Nunes (PSD) – 39.352 votos (1,07%)
16. Zé Milton (PP) – 39.196 votos (1,07%)
17. Jerry do Aldo (MDB) – 39.131 votos (1,07%)
18. Neodi Saretta (PT) – 39.036 votos (1,07%)
19. Jair Miotto (PSC) – 38.554 votos (1,05%)
20. Laércio Schuster (PSB) – 36.923 votos (1,01%)
21. Milton Hobus (PSD)  - 36.821 votos (1,01%)
22. Vampiro – Luiz Fernando (MDB) – 36.747 votos (1,00%)
23. Marcos Vieira (PSDB) – 35.423 votos (0,97%)
24. Padre Pedro (PT) – 35.184 votos (0,96%)
25. Sargento Lima (PSL) – 35.053 votos (0,96%)
26. Ana Caroline Campagnolo (PSL) – 34.825 votos (0,95%)
27. Moacir Sopelsa (MDB) – 34.722 votos (0,95%)
28. Ada Faraco de Luca (MDB) – 34.501 votos (0,94%)
29. Nazareno Martins (PSB) – 34.395 votos (0,94%)
30. Titon (MDB) – 34.350 votos (0,94%)
31. Bruno Souza (PSB) – 32.512 votos (0,89%)
32. Jessé Lopes (PSL) – 31.595 votos (0,86%)
33. João Amin (PP) – 31.396 votos (0,86%)
34. Altair Silva (PP) – 30.497 votos (0,83%)
35. Marcius Machado (PR) – 30.277 votos (0,83%)
36. Berlanda (PR) – 28.975 votos (0,79%)
37. Rodrigo Minotto (PDT) – 26.623 votos (0,73%)
38. Mauricio Eskudlark (PR) – 26.333 votos (0,72%)
39. Fabiano da Luz (PT) – 18.474 votos (0,50%)
40. Ivan Naatz (PV) – 14.685 votos (0,40%)




Nenhum comentário