Haddad diz que 2º turno será bom para eleitor optar entre dois projetos muitos diferentes


Candidato do PT falou com jornalistas em São Bernardo do Campo antes de se deslocar para votar em São Paulo.

Por MARIA CLARA PESTRE da REUTERS,
em Rio de Janeiro/RJ

📷 Amanda Perobelli / Reuters

O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, disse neste domingo estar confiante de que terá um "grande segundo turno", afirmando que há pessoas que não querem que haja uma comparação direta entre propostas já que é "mais fácil ganhar eleição sem se expor".

"Tem gente que não quer que tenha o segundo turno para que não haja comparação, é mais fácil ganhar eleição sem se expor, a exposição as vezes prejudica o candidato que não tem proposta", disse Haddad a jornalistas após tomar café da manhã no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo.

Haddad, que depois do café seguiu para São Paulo para votar, disse também que, se as pesquisas forem confirmadas, o eleitor terá facilidade em escolher no segundo turno devido às diferenças de projetos.

"O segundo turno é bom para o Brasil. Você tem mais tempo para comparar projetos, mais tempo de diferenciar as propostas dos candidatos, e se confirmar o prognóstico das pesquisas, são projetos tão diferentes que vai ficar mais fácil para o cidadão optar no segundo turno", disse. "Nós estamos com muita fé de que teremos um grande segundo turno", acrescentou.

De acordo com as últimas pesquisas Datafolha e Ibope, Haddad está em segundo lugar e deve disputar um segundo turno contra o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, que lidera os levantamentos para a eleição deste domingo.




Nenhum comentário