Cruzeiro 1 x 0 Corinthians: Raposa vence com gol de Thiago Neves e fica mais próxima do hexa da Copa do Brasil


Gol saiu nos acréscimos do primeiro tempo, a bola ainda tocou em Henrique, tirando chance de defesa de Cássio.
Jogo de volta é na próxima quarta-feira, 17, às 21h45 na Arena Corinthians, em São Paulo.

Por GOAL.com,
em Belo Horizonte, MG

📷 Douglas Magno / AFP / Getty

O Cruzeiro deu um passo importante rumo ao hexa da Copa do Brasil. A Raposa venceu o Corinthians por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (10), com gol de Thiago Neves, no Mineirão, e está a um empate do segundo título consecutivo do torneio de mata-mata.

O jogo de volta acontece na próxima quarta-feira (17), na Arena Corinthians. O Timão necessita de um triunfo por um gol de diferença para levar o jogo aos pênaltis. Uma vitória por dois ou mais gols dá a taça aos paulista. O Cruzeiro, por sua vez, só precisa de uma igualdade para faturar a Copa do Brasil mais uma vez em sua história. Um resultado positivo, obviamente, também garante o troféu aos mineiros.

O JOGO

O primeiro tempo foi marcado por times com ações distintas em campo. O Cruzeiro tentou propor o jogo e sair pelos lados do campo, com Egídio e Edilson, enquanto o Corinthians se limitou a defender. Com os dez homens no campo de defesa, a equipe de Jair Ventura não deu nem um chute sequer a gol no primeiro tempo e ficou refém dos cruzamentos em cobranças de falta pelos lados e da intermediária.

O mandante, por sua vez, trabalhou a bola e, com mais posse, criou chances de marcar. Thiago Neves exigiu boa defesa de Cássio e acertou a trave em finalizações de longa distância. A melhor chance da Raposa saiu nos minutos finais do primeiro tempo. Já nos acréscimos, Thiago Neves recebeu cruzamento de Egídio e cabeceou firme. A bola desviou em Henrique e enganou Cássio.

A vantagem no placar não fez o Cruzeiro reduzir o ritmo. Pelo contrário. Os comandados de Mano Menezes seguiram criando as melhores jogadas no duelo ocorrido no Mineirão. A equipe seguiu utilizando os flancos para chegar à área adversária. Os melhores lances foram criados em cruzamentos.

Hernán Barcos perdeu chance incrível em cruzamento de Robinho. O Corinthians, por sua vez, mostrou uma inércia ofensiva novamente. O time comandado por Jair Ventura não exigiu que o goleiro Fábio fizesse uma defesa no confronto. Ele foi um mero espectador dentro das quatro linhas. Nos instantes finais, Araos recebeu vermelho.



Nenhum comentário