Como foi a votação de Bolsonaro e Haddad por região e estados

Bolsonaro se elegeu presidente da República com mais de 55% dos votos válidos contra quase 45% para Fernando Haddad.

Por LD,
em Lages/SC



O Brasil já conhece quem será o seu próximo presidente da República pelos próximos quatro anos. Jair Bolsonaro, do PSL, se elegeu no segundo turno contra Fernando Haddad, do PT, e com mais de 57 milhões de votos ante 46 milhões de votos para o candidato petista.


O LD faz agora o levantamento de qual foi o percentual de votos válidos alcançados por cada candidato por regiões e também estados da federação.

Alguns estados, até o fechamento desta matéria não haviam ainda concluído a apuração, mas os dados não alterariam o resultado de cada candidato no respectivo estado. 

Região Norte

Acre

·        Jair Bolsonaro – 77,22% - 294.899 votos
·        Fernando Haddad – 22,80% - 86.977 votos

Amapá

·        Jair Bolsonaro – 50,20% - 185.026 votos
·        Fernando Haddad – 49,80% - 183.616 votos

Amazonas

·        Jair Bolsonaro – 50,27% - 885.401 votos
·        Fernando Haddad – 49,60% - 875.845 votos

Pará

·        Fernando Haddad – 54,81% - 2.112.789 votos
·        Jair Bolsonaro – 45,19% - 1.742.188 votos

Rondônia

·        Jair Bolsonaro – 72,18% - 594.968 votos
·        Fernando Haddad – 27,82% - 229.343 votos

Roraima

·        Jair Bolsonaro – 71,55% - 183.268 votos
·        Fernando Haddad – 28,12% - 72.872 votos

Tocantins

·        Fernando Haddad – 51,02% - 371.593 votos
·        Jair Bolsonaro – 48,98% - 356.684 votos

Região Nordeste

Alagoas

·        Fernando Haddad – 59,92% - 912.034 votos
·        Jair Bolsonaro – 40,08% - 610.093 votos

Bahia

·        Fernando Haddad – 72,69% - 5.484.901 votos
·        Jair Bolsonaro  - 27,31% - 2.060.382 votos
Ceará

·        Fernando Haddad – 71,11% - 3.407.526 votos
·        Jair Bolsonaro – 28,89% - 1.384.591 votos

Maranhão

·        Fernando Haddad – 73,26% - 2.428.913 votos
·        Jair Bolsonaro – 26,77% - 886.565 votos

Paraíba

·        Fernando Haddad – 64,98% - 1.451.293 votos
·        Jair Bolsonaro – 35,02% - 782.143 votos

Pernambuco

·        Fernando Haddad – 66,50% - 3.297.944 votos
·        Jair Bolsonaro – 33,50% - 1.661.163 votos

Piauí

·        Fernando Haddad – 77,05% - 1.417.113 votos
·        Jair Bolsonaro – 22,95% - 422.095 votos

Rio Grande do Norte

·        Fernando Haddad – 63,41% - 1.131.027 votos
·        Jair Bolsonaro – 36,59% - 652.562 votos

Sergipe

·        Fernando Haddad – 67,54% - 759.061 votos
·        Jair Bolsonaro – 32,46% - 364.860 votos

Região Centro-Oeste

Distrito Federal

·        Jair Bolsonaro – 69,99% - 1.080.411 votos
·        Fernando Haddad – 30,01% - 463.340 votos

Goiás

·        Jair Bolsonaro – 65,52% - 2.124.739 votos
·        Fernando Haddad – 34,48% - 1.118.060 votos

Mato Grosso

·        Jair Bolsonaro – 66,42% - 1.085.824 votos
·        Fernando Haddad – 33,58% - 549.001 votos

Mato Grosso do Sul

·        Jair Bolsonaro – 65,22% - 872.049 votos
·        Fernando Haddad – 34,78% - 465.025 votos

Região Sudeste

Espírito Santo

·        Jair Bolsonaro – 63,06% - 1.276.611 votos
·        Fernando Haddad – 36,94% - 747.768 votos

Minas Gerais

·        Jair Bolsonaro – 58,19% - 6.100.196 votos
·        Fernando Haddad – 41,81% - 4.383.099 votos

Rio de Janeiro

·        Jair Bolsonaro – 67,95% - 5.669.059 votos
·        Fernando Haddad – 32,05% - 2.673.386 votos

São Paulo

·        Jair Bolsonaro – 67,97% - 15.306.023 votos
·        Fernando Haddad – 32,03% - 7.212.132 votos

Região Sul

Paraná

·        Jair Bolsonaro – 68,43% - 4.224.416 votos
·        Fernando Haddad – 31,57% - 1.948.790 votos

Rio Grande do Sul

·        Jair Bolsonaro – 63,24% - 3.893.737 votos
·        Fernando Haddad – 36,76% - 2.263.171 votos

Santa Catarina

·        Jair Bolsonaro – 75,92% - 2.966.242 votos
·        Fernando Haddad – 24,08% - 940.724 votos

Nas mais de 700 seções eleitorais espalhadas pelo mundo, o agora presidente Jair Bolsonaro ganhou com uma ampla vantagem sobre Fernando Haddad. No percentual apurado até às 22h20, Bolsonaro tinha 71,03% dos votos válidos contra 28,97% dos votos ao petista. 






Nenhum comentário