Serra Catarina Festival de Inverno garante mais acesso à cultura e gera renda


Os números econômicos ainda não são oficiais, pois tem ainda quase 30 dias de Festival, mas já deu para sentir maior movimentação.

em Lages/SC

📷 Fom Conradi / Divulgação

Na Serra Catarinense, enquanto turistas saboreiam a gastronomia, conhecem as belas paisagens e a cultura regional, os setores de comércio e serviço aproveitam para lucrar durante o Serra Catarina Festival de Inverno. Os números econômicos ainda não são oficiais, pois tem ainda quase 30 dias de Festival, mas já deu para sentir maior movimentação.

Coordenador da Câmara de Gastronomia da Câmara de Dirigentes Logistas de Lages (CDL) e proprietário de três restaurantes na cidade, o empresário Ruan Rangel está contente com os resultados. “Fiz parceria com os eventos e servimos cerca de 560 refeições em um dos meus restaurantes. No último fim de semana, o movimento dobrou”.

A expectativa é que o setor fique ainda mais aquecido nos próximos dias com a realização do Festival Gastronômico Sabores de Lages, que ocorre 10 e 30 de agosto, numa parceria entre CDL, Associação Empresarial de Lages (Acil), Fundação Cultural de Lages e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/SC). Neste ano, 35 estabelecimentos vão oferecer pratos doces e salgados que contemplem e valorizem os elementos da cultura regional a diversos valores.

Para a responsável pelo Serra Catarina, Rosani Pocai, fomentar cultura significa responsabilidade social, desenvolvimento econômico e melhoria da qualidade de vida das pessoas que vivem na região. “O Festival é capaz de deixar um legado de fortalecimento da cultura em suas diversas formas e desenvolvimento para a Serra Catarinense. Isso é o mais significativo”.

Nenhum comentário