Sábado foi dia de reforçar a campanha de vacinação contra o sarampo e a pólio


A campanha seguirá até o dia 31 de agosto. É imprescindível apresentar a caderneta de vacinação nas Unidades de Saúde.

Por ASCOM PML,
em Lages/SC

📷 Marcelo Pakinha / ASCOM PML

Neste sábado (18 de agosto), foi realizado o Dia D da campanha de vacinação contra a poliomielite e o sarampo, em todo país. Em Lages, todas as 23 salas de vacinação das Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) e mais a Central de Vacinação, no Centro, estiveram de portas abertas, sem fechar ao meio dia, para atender a população. A meta no município é imunizar cerca de oito mil crianças, na faixa etária a partir de um ano até menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias).

Na Unidade do bairro Santa Mônica a comunidade atendeu ao chamado da campanha. Pais e responsáveis fizeram filas para vacinarem seus filhos, com as respectivas cadernetas de vacinação em mãos. Luiz Fernando Costa Stúrcio acordou cedo para levar o pequeno Lucas, seu filho de um ano e nove meses para receber as doses. Foram apenas algumas gotinhas e uma vacina, que irão garantir sua saúde e bem-estar contra as doenças que ameaçam novamente, como novos casos sendo diagnosticados. Eles moram no bairro Caroba e foram alertados sobre a importância deste reforço através dos meios de comunicação e na própria Unidade de Saúde. A mãe da Luiza, de 2 anos, Silmara Chagas da Cruz, do bairro Vista Alegre, também se sentiu aliviada após ter vacinado sua filha. “Agora eu sei que estará protegida de verdade. Não podemos nos acomodar e esperar a doença chegar”, diz.

A campanha seguirá até o dia 31 de agosto. A injeção é contraindicada apenas para gestantes, pessoas com imunidade baixa (causada por alguma doença ou medicação), crianças expostas ou infectadas pelo vírus HIV e pacientes com histórico de crise alérgica após a aplicação da dose anterior. A prioridade, nesta etapa, é vacinar as crianças dentro da faixa etária indicada.