Plantio de árvores mobiliza estudantes


Meta da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente é plantar 20 mil mudas no período de quatro anos e não será o vandalismo que irá barrar essa ação.

Por ASCOM PML,
em Lages/SC

📷 Iran Rosa de Moraes / ASCOM PML
  
Alunos do 2º Ano da Escola Municipal de Educação Básica Bom Jesus, no bairro de mesmo nome, participaram de ação ecológica, nesta semana, promovida pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente.

As crianças e uma professora desta escola, além da diretora municipal de Educação Ambiental, Sílvia Oliveira, do secretário de Meio Ambiente, Euclides Mecabô, (Tchá-Tchá) e do engenheiro agrônomo Giovani Tomazzeli, plantaram mudas de pitanga e guavirova na pracinha localizada próxima à cabeceira da ponte sobre o Rio Carahá, na divisa entre os bairros Bom Jesus e Caça e Tiro.

“Essas mudas de árvores foram doadas pelo aposentado Hélio Julianello, residente do Bairro Penha, o qual cultiva mudas de árvores frutíferas em uma área de cerca de 800 metros quadrados. Ao todo, ele doou à nossa secretaria cerca de 1.500 mudas, as quais estão agora sendo plantadas ao longo da calha da avenida Belizário Ramos e em praças e logradouros públicos”, informa Tchá-Tchá.

Meta de 20 mil mudas

📷 Iran Rosa de Moraes / ASCOM PML

O secretário disse que a meta é alcançar o plantio de 20 mil mudas, em um período de quatro anos, sendo que em 2017 a Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente já realizou o plantio de cerca de 5 mil mudas. “Foram plantadas 5 mil no ano passado, mas cerca de 3 mil ou foram arrancadas por vândalos ou ação do clima”, fala Tchá-Tchá.

O vandalismo, em relação ao Meio Ambiente, ainda é um caso sério. Na avenida Nossa Senhora da Penha, por exemplo, das mais de 300 mudas plantadas, menos de 10 sobreviveram. “Moradores afirmam que alguns estudantes, ao saírem da escola, passaram em frente às casas, arrancando as mudas. E mais: ao serem advertidos da má ação que praticavam, responderam que fariam novamente, caso as mudas fossem replantadas”, lamenta Tchá-Tchá.

O secretário disse que embora isso tenha acontecido, no bairro da Penha e em outras áreas da cidade, a determinação de se completar o plantio das 20 mudas não irá parar. “Replantaremos tantas quantas mudas forem necessárias. A rua Frei Gabriel é um exemplo de arborização bem feita e preservada. Aquelas pessoas que arrancaram as mudas já plantadas ao longo das vias e praças públicas, deveriam se espelharem na beleza da alameda de cerejeiras da Frei Gabirel”, conclui Tchá-Tchá.

Nenhum comentário