Rede de drenagem pluvial é implantada no Universitário


As águas das chuvas serão captadas de todo o entorno da rua Archilau Batista do Amaral e serão canalizadas para o Rio Carahá.

Por ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Iran Rosa de Moraes / ASCOM PML

As obras de asfaltamento e drenagem pluvial da rua Archilau Batista do Amaral, no bairro Universitário, avançam em direção à área de entorno do antigo kartódromo. Por ali cruza a rua Azenor Macedo, onde está sendo implantada a rede de drenagem que escoará para o rio Carahá as águas das chuvas que transcorrem de toda a área de entorno da rua Archilau. Tubos de concreto de um metro de diâmetro estão sendo usados para a construção desta rede.

As obras gerais de pavimentação e drenagem da rua Archilau Batista do Amaral estão sendo executadas pela prefeitura de Lages, através de projeto elaborado pela Secretaria de Planejamento e Obras. A empresa responsável pelas obras é a CCL Construtora, vencedora de licitação pública.

Por se tratar de via que se estende em desnível, devido às condições do terreno - área onde se concentram as águas do escoamento pluvial que descem da área de entorno do Ginásio Jones Minosso, Centro Serra e Senai -, um total de 2.100 metros de tubulação terá de ser implantado.

A Archilau se estende por cerca de 600 metros desde o ponto de confluência à avenida Antonio Ribeiro dos Santos até a confluência à rua Sebastião Ramos Schmidt. Dali em diante as obras seguem pela rua Azenor Macedo, paralela à área do antigo kartódromo. “O complexo de rede pluvial que está sendo implantado nesta área irá drenar o terreno de forma eficaz, resolvendo um antigo problema de águas paradas e que incomodavam muito os moradores. As águas serão captadas de todo o entorno da Archilau e serão canalizadas para o rio Carahá”, destaca o secretário municipal de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi.

No ponto final dessa rua, um corte foi feito para que a via se estenda de forma retilínea, eliminando-se curva desnecessária. “Neste ponto, no acesso à rua Sebastião Ramos Schmidt, a sobra de terreno será aproveitada para a implantação de uma praça pública”, salienta o secretário de Planejamento e Obras. Esse projeto tem recursos repassados pelo Governo do Estado, com contrapartida da prefeitura, que se responsabiliza pela implantação da rede de esgoto, através da Semasa.



PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages

Um morre e outro fica ferido em acidente entre carro e ônibus em Lages

Bombeiros auxiliam jovem que deu a luz em casa no bairro Guarujá