Rede Angeloni fechará mais cedo


Unidades entre elas a de Lages, na Serra Catarinense, estarão fechando às 21h devido a dificuldade do transporte dos colaboradores e também o desabastecimento de alguns produtos.

Por LD,
Lages/SC

📷 Angeloni em Lages. (Foto: Reprodução / Google Maps)

Uma das maiores redes de supermercados de Santa Catarina, o Angeloni com sede em Criciúma, no Sul do Estado, informou através de um comunicado que irá fechar mais cedo a partir desta terça-feira (29) todas as suas unidades no Estado e também no Paraná, e que tal medida será mantida enquanto durar a paralisação dos caminhoneiros. (Veja o comunicado na íntegra ao final da matéria)

Segundo a empresa que também têm estabelecimentos no setor de postos de combustíveis e farmácias, a medida se faz necessária devido à dificuldade de transporte dos colaboradores e o desabastecimento em “algumas categorias de produtos, causada pelo movimento dos caminhoneiros que entrou hoje no 9º dia”.

Leia na íntegra o comunicado da Rede Angeloni

“A partir desta terça-feira (29), todas as unidades do Angeloni em Santa Catarina e Paraná – supermercados, postos e farmácias – terão antecipado o horário de fechamento para as 21h. A medida será mantida enquanto durar o movimento que paralisou o abastecimento.

 A decisão de antecipar o fechamento deve-se à dificuldade de transporte coletivo para os funcionários e à falta de algumas categorias de produtos, causada pelo movimento dos caminhoneiros que entrou hoje no 9º dia.

Assim que a situação estiver normalizada, as unidades do Angeloni retornarão ao horário normal, o que espera-se que aconteça em breve”.




Nenhum comentário