Intervenção artística no Tanque sensibiliza para os cuidados com o meio ambiente e espaços públicos


A atividade faz parte do processo seletivo proposto pelo Social Good Brasil, que tem como critério a proposição de um desafio na comunidade local.

Por ASCOM PML,
Lages/SC

📷 Ari Junior / ASCOM PML

Domingo, um dia de lazer e descanso para a maioria das famílias. Em Lages uns dos espaços públicos de maior movimentação aos domingos é o Parque Jonas Ramos, o Tanque. Ali as famílias e amigos se reúnem para conversar, lanchar e tomar chimarrão. Têm aqueles que preferem praticar uma boa caminhada ao redor do lago do Tanque, os mais jovens aproveitam para ouvir músicas, paquerar ou namorar e praticar esportes. Já as crianças se divertem nos brinquedos do parquinho. Enfim, este tradicional espaço público da cidade recebe uma grande movimentação de pessoas.

E para aproveitar este momento o professor Evertom Waltrick, o publicitário Diego Pisseti e o artista plástico Marcelo Palimok, realizaram neste domingo (6 de maio) uma intervenção artística que teve como objetivo sensibilizar as pessoas, para um maior cuidado com o espaço público e também a destinação correta do seu lixo.
Quem passou pelo local notou algo diferente. Um grande volume de lixo e até mesmo a representação de um cadáver em meio aos resíduos chamou a atenção da comunidade. “Por estas razões resolvemos montar uma intervenção urbana no Tanque, ponto de encontro e lazer dos lageanos e visitantes. Buscamos representar através da instalação, que ao descuidarmos da nossa cidade, mesmo com pequenos gestos como jogar papel no chão, bitucas de cigarros, copos e garrafas, podemos ocasionar grandes problemas”, disse o professor Evertom.

Para o artista plástico Marcelo Palimok, o espaço público é do cidadão e quando o lixo é descartado de forma inadequada,  gera mais descaso, pois as pessoas tendem a imitar negativamente. “Tem papel no chão, jogo o meu, tem garrafa e copos na grama jogo também, podendo chegar a extremos do descaso impulsionando atitudes incorretas ativando a irresponsabilidade coletiva. É isso que temos que mudar, vamos sensibilizar as pessoas para que cuidem do meio em que vivem”.

Esta ação foi realizada em parceria com a Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente, através do Centro Ambiental Ida Schmidt. “As pessoas devem se interessar cada vez mais pelo problema. A correta destinação dos resíduos ainda é uma questão de educação e sensibilização na nossa comunidade. Por isso, vamos intensificar atividades como esta”, comentou a diretora de Meio Ambiente, Silvia Oliveira.




PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages

Um morre e outro fica ferido em acidente entre carro e ônibus em Lages

Colisão traseira faz carro capotar na avenida Dom Pedro II, em Lages; veja vídeo