Rede de Segurança Escolar vai atender dois mil estudantes de São Joaquim


A rede foi implantada pela Polícia Militar há cerca de um mês e é voltado para prevenir o crime nas escolas e redondezas.

Por CATARINAS COMUNICAÇÃO,
Lages/SC

📷 PM / Divulgação

A Polícia Militar implantou a Rede de Segurança Escolar em cidade de São Joaquim há cerca de um mês. Esse é um programa institucional voltado a prevenir o crime nas escolas e redondezas e busca garantir um ambiente escolar saudável e digno para as crianças. Nesta primeira fase, serão atendidas seis unidades escolares da rede pública de ensino, o que representa cerca de dois mil estudantes.

O programa conta com dois policiais militares fixos que se empenham em acompanhar o cotidiano dessas escolas na região central da cidade. A ideia é realizar o acréscimo de escolas na rotina da guarnição ao longo do ano letivo, o que não irá comprometer a qualidade do serviço já prestado.

“Esse trabalho não busca apenas afastar a droga e pessoas más intencionadas, mas envolver também toda a estrutura física do ambiente escolar”, reforça o comandante da PM em São Joaquim, tenente Guilherme Wolf.

 Problemas como falta de iluminação, grades enferrujadas, buracos em muros e grades, falta de sinalização adequada, tráfego de pessoas estranhas à comunidade escolar, entre outros itens são avaliados pelos policiais militares. Ao longo do ano, os profissionais emitirão um laudo apontando mudanças a serem tomadas para garantir a segurança das crianças.

“E no caso de ocorrências criminais como o tráfico, posse de drogas ou brigas as medidas legais são tomadas normalmente”, destaca o oficial.  

Ele lembrar que a educação, respeito e cobrança e das normas internas da escola por parte dos alunos cabem aos professores, profissionais da área e família. “Os policiais estão empenhados nas ações de maior gravidade e não em atos de mera desobediência”, frisa.




Nenhum comentário