Com polêmica, Corinthians vence Palmeiras nos pênaltis e é bicampeão paulista


Time comandado por Carille conquista segundo título estadual consecutivo, mas jogo foi marcado por polêmica envolvendo arbitragem.

Lages/SC

📷 Cássio levanta o título paulista de 2018 do Corinthians. Goleiro conquista seu oitavo título com a camisa alvinegra. (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com) 

Bicampeão! O Corinthians conquistou já no início da noite deste domingo (8) o seu bicampeonato consecutivo (2017 e 2018) após um jogo emocionante e polêmico e cheio de emoção nos pênaltis. O Timão voltou a conquistar dois estaduais consecutivos após 35 anos.

O jogo

O Palmeiras iniciou a partida com a vantagem, pois venceu a primeira partida na Arena Corinthians no domingo passado por 1 a 0 e precisaria apenas de um empate para se tornar campeão, mas isso foi derrubado por terra após um minuto e meio de jogo com gol de Rodriguinho que igualou a partida no agregado e jogou a responsabilidade para cima do Palmeiras já que jogava em casa com mais de 40 mil torcedores os apoiando.

A partida dali para frente seria ataque contra defesa, o Palmeiras foi pra cima, apostando em muitas jogadas pela direita com Dudu, mas o time não foi efetivo. Aos 5 minutos, William chegou a empatar a partida, mas o gol foi anulado corretamente por impedimento. O Corinthians pouco criou, apenas se segurava e apostava em chutões para frente. O Palmeiras não teve tranquilidade para trabalhar melhor a bola e oferecer grande perigo ao gol de Cássio que quase não trabalhou. Jaílson, goleiro do Palmeiras, menos ainda.

Segunda etapa com polêmica

O jogo seguia naquela que guiou a primeira etapa, Palmeiras atacando e Corinthians se defendendo. O que poderia fazer a diferença na partida foi aos 26 minutos da etapa final, onde o árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza marcou pênalti de Ralf em cima de Dudu. Os palmeirenses comemoraram e os do Timão foram pra cima, após muita pressão, o árbitro se reuniu com os assistentes e com o quarto árbitro, e resolveu voltar atrás. De fato, o volante corintiano toca primeiro a bola e a manda para escanteio.

Após a decisão, a torcida começou a gritar “vergonha” que ecoou alto no Allianz Parque, mas a partida seguiu, e novamente o Palmeiras pressionando, mas sem uma chance clara, em cobrança de falta de Marcos Rocha na qual a bola passou muito perto da trave. O Corinthians respondeu com Sidcley em um lançamento com as mãos de Cássio, o lateral conseguiu se desvencilhar da defesa palestrina e chutou forte, mas a bola passou pela frente da trave e foi para fora.

Pênaltis e estrela de Cássio brilha novamente

O Corinthians já havia chegado à final após disputa nos pênaltis com o São Paulo, e isso voltou a colocar os torcedores alvinegros com o coração na boca, pois novamente o Timão foi para uma decisão nas penalidades e mais uma vez a estrela de Cássio brilhou nas cobranças. O goleiro pegou duas cobranças (Dudu e Lucas Lima). A única bola desperdiçada pelos alvinegros foi dos pés do lateral Fagner que isolou a bola. Final de partida 4 a 3 para o Timão.  

Ficha técnica
Palmeiras 0 (3x4) 1 Corinthians
Pênaltis
Jaílson
Cássio
Marcos Rocha
Fagner
Antônio Carlos
Balbuena
Thiago Martins
Henrique
Victor Luis
Sidcley
Bruno Henrique (Thiago Santos)
Ralf
Moisés
Maycon
Lucas Lima
Jadson (Emerson Sheik)
Dudu
Rodriguinho (Danilo)
Willian (Keno)
Mateus Vital (Lucca)
Borja (Deyverson)
Ángel Romero
Técnico: Roger Machado
Técnico: Fabio Carille
Público: 41.227 pagantes
Renda: R$ 4.001.277,68
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Auxiliar 1: Anderson José de Moraes Coelho
Auxiliar 2: Daniel Paulo Ziolli
Gol: Rodriguinho (Corinthians) – 1’/1T




PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages

Um morre e outro fica ferido em acidente entre carro e ônibus em Lages

Colisão traseira faz carro capotar na avenida Dom Pedro II, em Lages; veja vídeo