Jovem confessa ter matado empresário em Lages


Vítima desapareceu na sexta-feira (9) e foi encontrada morta em uma vala no Salto Caveiras no último domingo (11).

Por LD,
Lages/SC

📷 Divulgação

A Polícia Civil através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Lages prendeu na noite desta quinta-feira (15), um jovem de 21 anos, após o mesmo em depoimento confessar ter matado e roubado o empresário José Tadeu Laurentino, de 60 anos, que havia desaparecido na última sexta-feira (9) e que foi encontrado morto em uma vala no Salto Caveiras na tarde do último domingo (11).

Segundo o delegado da DIC, Sérgio Roberto de Souza, a vítima teria conhecido o jovem Gustavo Henrique de Jesus Seta da Silva através de um chat na internet onde teria combinado para ter relações sexuais, na qual teria sido combinado o valor de R$ 150, sendo que neste primeiro contato não houve atrito entre os dois.

Mas o crime seria praticado durante o segundo encontro, realizado na última sexta-feira (9). A vítima teria procurado Gustavo novamente e marcado de ir em um motel na zona Norte de Lages, sendo que no caminho a vítima teria começado a tirar as roupas, mas Gustavo teria se recusado a ter a relação sexual após sentir um forte odor de urina. A vítima, então, teria insistido, o que Gustavo começou a agredi-lo com socos até deixá-lo desacordado.

Gustavo ao perceber que José Tadeu Laurentino estava desmaiado o colocou no porta-malas do veículo da vítima e levado até o Salto Caveiras, onde teria tirado as últimas peças de roupa da vítima e pisado no pescoço, com a intenção de quebrá-lo e consumar o assassinato, relatou o autor em depoimento ao delegado Sérgio.

Fuga do local e briga em bar no dia seguinte

Gustavo relatou ainda que caminhou pela estrada geral da localidade de Salto Caveiras até conseguir uma carona, sendo que foi deixado no Parque Jonas Ramos (Tanque), no Centro de Lages e teria pago R$ 50 reais pela carona ao motorista. No sábado, dia 10, ele foi até um bar onde gastou o dinheiro da vítima, cerca de R$ 300 e se teria se envolvido em uma briga onde acabou quebrando a perna.

A vítima foi encontrada somente no domingo (11), em uma vala no Salto Caveiras. O carro da vítima estava no local, segundo o relato de Gustavo ao delegado, ele não havia levado o carro pois o mesmo quebrou no local do crime.



Nenhum comentário