Philippe Coutinho se torna a segunda maior contratação da história do futebol

Meia-atacante foi comprado do Liverpool pelo Barcelona. Transferência só não supera em cifras a de Neymar que saiu do Barcelona para jogar no Paris Saint-Germain.

Por LD ESPORTES,
Lages/SC

📷 Divulgação / F.C. Barcelona 

Agora é oficial! A novela envolvendo o meia-atacante brasileiro Philippe Coutinho, Barcelona-ESP e Liverpool-ING chegou ao fim, e com um final feliz para a equipe espanhola que anunciou a contratação – a segunda mais cara da história do futebol mundial – através das redes sociais. O contrato assinado é válido para cinco temporadas e a multa rescisória é de € 400 milhões (R$ 1,5 bilhão, na cotação atual).


Segundo o GloboEsporte.com, o valor da transferência foi de 163 milhões (R$ 633 milhões) – dos quais 130 milhões fixos e outros 33 milhões em variáveis. Os valores, porém, não foram divulgados pelo Barcelona. Com isso, o atleta da Seleção Brasileira formado no Vasco da Gama se tornou o segundo mais caro da história, atrás apenas de Neymar vendido pelo Barcelona ao Paris Saint-Germain, em 2017. Coutinho ao final da temporada deve cair para a terceira colocação no ranking dos mais caros, pois o PSG deverá concluir a compra do atacante francês Mbappé, algo em torno de 180 milhões.

Se na história do futebol ele se tornou – mesmo que momentaneamente o segundo mais caro – da história da equipe da Catalunha ele é o mais caro, ao superar os 105 milhões de euros que custaram ao Barcelona para ter o atacante Ousmane Dembélé, ex-Borussia Dortmund.

Número da camisa não divulgado

O Barcelona anunciou a mais nova contratação, mas ainda não divulgou qual camisa ele usará na temporada. Especula-se na imprensa de Barcelona, que com a possível transferência de Arda Turan, ele herde a camisa 7.

No Barcelona, Coutinho fará companhia a Messi, Iniesta e Rakitic num setor de armação de fazer inveja. Além disso terá a companhia de Paulinho, seu companheiro na Seleção Brasileira e de Luiz Suárez, o atacante uruguaio era companheiro de equipe no Liverpool.

Sem Champions

Como jogou a fase de grupos pela equipe inglesa, Coutinho só poderá disputar o principal torneio do mundo, a Champions League, a partir da próxima temporada 2018/2019. Enquanto isso, jogará partidas do Campeonato Espanhol e da Copa do Rei.

A estreia pode acontecer na próxima quinta-feira (11) pela Copa do Rei contra o Celta, ou ainda, no domingo (14) pela 18ª rodada do Campeonato Espanhol contra o Real Sociedad.