Cápsulas do tempo eram costumes na época, aponta digitalização de acervo de Nereu Ramos

Foto de 1938 da pedra fundamental da Colônia de Santa Tereza, mostra o ex-Presidente da República, Nereu Ramos, quando ainda era interventor de Santa Catarina, com uma caixa igual ao do Colégio Aristiliano Ramos, ao seu lado.

Por LD,
Lages/SC

📷 Nereu Ramos, quando interventor de Santa Catarina, em ato de inauguração e lançamento da pedra fundamental da Colônia Santa Tereza, em São Pedro de Alcântara. (Foto: Acervo Memorial Nereu Ramos / Divulgação)

Um registro fotográfico de 1938 pode ser a prova de que caixas como aquela encontrada durante a demolição do prédio do Colégio Aristiliano Ramos, no Centro de Lages, seriam uma espécie de costume da época durante inaugurações de obras públicas em Santa Catarina, que se tornariam com o tempo verdadeiras “cápsulas do tempo”. Na caixa achada no mêspassado durante a demolição do prédio na área central de Lages, encontrava-se um pote de vidro com documentos e moedas da época da inauguração, mais precisamente dia 3 de outubro de 1934, e que agora estão passando por um processo de recuperação no Museu Thiago de Castro, sob responsabilidade de profissionais da Fundação Cultural de Lages (FCL).

::: Siga o LD no Twitter

A prova está em registros fotográficos de 1938 do acervo do Memorial Nereu Ramos que está passando por um processo de digitalização. Nos registros, mostra-se o ex-presidente da República, quando ainda era interventor de Santa Catarina (1935-1938), em um ato de lançamento de uma pedra fundamental na Colônia Santa Tereza, em 1938, na cidade de São Pedro de Alcântara, na Grande Florianópolis. Nestas fotos se percebe ao lado de Nereu, uma caixa muito semelhante a encontrada na demolição do Colégio Aristiliano Ramos, o que leva a crer, que isso era muito comum na época, e que muito possivelmente outras instituições de Santa Catarina também tenham suas cápsulas do tempo.

Recuperação na FCL

Enquanto isso, o processo de recuperação da cápsula do tempo do Aristiliano Ramos poderá revelar mais novidades no final deste mês, após a retirada de toda a umidade de dentro do pote. Sobre o registro dos arquivos do Memorial Nereu Ramos, a intenção da FCL, segundo o superintendente Gilberto Ronconi, é “de catalogar e deixar que a comunidade tenha acesso a essa história”, garantiu Ronconi.

PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages