Balé encerra semana de apresentações da Escola de Artes da FCL

Depois de cinco dias de mostras de teatro, danças, música e exposição de trabalhos de pintura em tela dos grupos da Escola de Artes, agora será a vez do Projeto Lages Melhor subir ao palco do Teatro Marajoara.

Por ASCOM PML,
em Lages/SC

📷 Fabricio Furtado / ASCOM PML

Os grupos de balé da Escola de Artes Elionir Camargo Martins encerraram as apresentações da semana no Teatro Municipal Marajoara na sexta-feira (8 de dezembro). Coordenados pelas instrutoras Areta Campos e Maria Eduarda Rafaeli, mais de 100 bailarinas e bailarinos mostraram 18 coreografias ensaiadas desde o início do ano para um público que mais uma vez lotou o Marajoara.
Com bailarinas entre quatro e 17 anos de idade e com participação da instrutora Maria Eduarda, as apresentações incluíram performances de clássicos como “Bailarina e Soldadinho de Chumbo”, “Lago dos Cisnes” e “Kitri Don Quixote”, e algumas coreografias criadas revisitando o jazz.

Para o superintendente da FCL, Gilberto Ronconi (Giba), a avaliação final é que os objetivos da Escola de Artes foram atingidos. “A qualidade foi evidenciada na semana de apresentações dos grupos da Escola. Além da quantidade expressiva de alunos, o trabalho conjunto de instrutores e alunos mostra para a comunidade a importância de contarmos com projetos que contemplem as artes e a cultura, e a Escola de Artes consegue tudo isso. Nossa missão agora nos próximos anos é conseguirmos ampliar as ações, pois a procura por vagas é enorme”, comenta.

Agora será a vez dos bairros no palco do Marajoara

Nos dias 13 e 14 de dezembro, também no Teatro Marajoara, os Núcleos dos Bairros do Projeto Lages Melhor terão a oportunidade de mostrar o trabalho desenvolvido no primeiro ano de atividades. O Projeto, nascido da ideia do prefeito Antonio Ceron em levar arte e cultura de forma gratuita para os bairros, já conta com mais de 500 pessoas, entre crianças, jovens e adultos praticando balé, violão, street dance e canto coral. Atualmente são cinco núcleos na cidade, nos bairros Habitação, Santa Mônica, São Paulo/São Francisco, Guarujá e Vila Maria, e agora serão representados em duas noites especiais em um local histórico para a cultura lageana.

Como nas apresentações da Escola de Artes, a instrutora e bailarina, Maria Eduarda, junto a mais profissionais, também é a responsável pelas coreografias do balé que serão mostradas nesta semana. Ela diz que a proposta é um incentivo cada vez maior para as artes. “Também queremos mostrar para as pessoas que o trabalho desenvolvido nos bairros tem a mesma seriedade e qualidade do que vimos na Escola de Artes, por exemplo”, observa.

Das aulas de violão do instrutor Marcelo Bernhard, em setembro deste ano, alguns dos alunos do Projeto tiveram a honra de tocar ao lado do ex-guitarrista da Legião Urbana, Dado Villa-Lobos, durante a realização do 3º Salão do Livro da Serra Catarinense, e estarão mais uma vez no palco para executar as obras de seus ídolos.

O diretor da Escola de Artes, Salésio Padilha, acredita que as apresentações no Marajoara são oportunidades inéditas. “Não fosse o Projeto Lages Melhor, provavelmente os alunos dos bairros não teriam a chance de mostrar sua arte em um palco como o Marajoara. O Lages Melhor não se trata só de oferecer dança e música de forma gratuita, mas sim de promover cidadania desde cedo”, acredita.

Mostra Projeto Lages Melhor

Datas: 13 e 14 de dezembro
Hora: 20h
Local: Teatro Marajoara

Entrada: gratuita

PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages