Uma velha rixa decide o título do vôlei masculino

Blumenau e Chapecó se enfrentam nesta quarta-feira (8), às 13h, no ginásio Jones Minosso.

Por ORLANDO PEREIRA da FESPORTE,
em Lages/SC

📷 Sandro Scheuermann / Fesporte

B
lumenau e Chapecó voltam a se enfrentar do voleibol masculino da 57ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina, nesta quarta-feira, 8. A partida começa às 13h, no Ginásio Jonas Minosso, no Bairro Universitário. Os chapecoenses passaram nas semifinais ganhando de Itajaí por 3 sets a 0 com parciais de 25/20; 25/10; e 25/20. Os blumenauenses derrotaram Joinville por 3 a 0 com 25/16; 25/19; e 26/24.

Os dois municípios reeditam as finais de 2013 e 2014, vencidas pelo município do Oeste. Na edição de 2016, Blumenau levantou o caneco, com Florianópolis ficando com a medalha de prata e Chapecó com a de bronze.

O técnico de Chapecó, Nilson Rex, aponta o seu adversário como favorito, mesmo com a sua equipe obtendo o segundo lugar nos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), perdendo para São Paulo na final. O foco principal dos blumenauenses é a conquista da medalha de ouro nos Jasc. Depois as atenções estarão voltadas à Superliga Nacional B, que começa em janeiro de 2018.

No feminino, com a desativação do time de vôlei de Rio do Sul, Chapecó é apontado como candidato ao título, pelo investimento que vem sendo nas competições universitárias. Embora Blumenau tenha um leve favoritismo, o técnico de Florianópolis, Fabiano Pereira, acredita que, além do seu time, os municípios de Brusque, Videira e Joinville reúnem condições de brigar pelo troféu da modalidade. “Fora Chapecó as demais equipes estão bastante niveladas”. “Tem ainda Balneário Camboriú, que na seletiva perdeu para Brusque”.


PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages