Lages desvenda o punhobol, comum em regiões alemãs

Em sua estreia em uma edição de Jasc, Lages perdeu uma e ganhou outra, contra Blumenau e Balneário Piçarras, respectivamente; as disputas ocorrem no Estádio Vidal Ramos Júnior

Por IRAN ROSA DE MORAES da ASCOM PML,
em Lages/SC

📷 Equipe de Lages de Punhobol nos Jasc. (Foto: Sandro Scheuermann / Fesporte)

L
ages participa pela primeira vez nos Jasc na modalidade de punhobol, um jogo típico de regiões colonizadas por alemães. Na estreia, nesta quarta-feira, 8, perdeu para Blumenau por dois sets a zero. Na segunda partida, bateu Balneário Piçarras por dois sets a zero. Disputam a modalidade Blumenau, São Bento do Sul, Florianópolis, Rio Negrinho, Timbó, Lages, Balneário Piçarras, Pomerode e Joinville. Nesta quarta e na quinta-feira, no Estádio Vidal Ramos Júnior, ocorrem as eliminatórias.

O coordenador da modalidade e vice-presidente da Federação Catarinense, Hugues Torres, disse que, embora a equipe de Lages seja estreante, tem chances de se classificar para as finais. Sem uma base definida e uma prática regular neste esporte, a cidade-sede teve de importar jogadores. Porém, segundo o superintendente da Fundação Municipal de Esportes, Nilson Cruz, o objetivo é introduzir e difundir o esporte em Lages, para que, nas próximas edições dos Jasc, Lages possa formar uma equipe de punhobol.

Quem se destacou no jogo Lages contra Piçarras foi o atacante Tomaz Scherer, o Alemão. Ele é de Novo Hamburgo e foi convidado para jogar nos Jasc pela primeira vez. “Está sendo uma grande experiência, pois Santa Catarina é hoje a maior referência deste esporte no Brasil”, enfatizou.

Nesta quinta-feira, 10, Lages entra em campo novamente para jogar com a equipe de Timbó, às 11h, no Vidal Ramos, em busca da classificação. Outras sete partidas estão programadas para quinta, com início às 9h.

Segundo o árbrito Sérgio Muller, que já atuou em três edições dos Jasc, no Paraná, as equipes catarinenses que mais conquistaram títulos, até hoje, são as de São Bento do Sul, Blumenau e Florianópolis.

“Nos últimos anos, o punhobol tem se desenvolvido muito nas bases, em escolas ou nos próprios clubes, a maioria deles com grande número de sócios de descendência alemã. Creio que esta modalidade tem tudo para se popularizar”, disse Muller.

Punhobol difundiu-se na Europa

Como esporte contemporâneo, o punhobol se difundiu a partir da Itália para a Alemanha, onde se popularizou. Imigrantes alemães, nas primeiras décadas do século 20, trouxeram o esporte para países sul-americanos. No Brasil, a modalidade é mais praticada na região Sul.
Atualmente está sendo desenvolvido um torneio conjunto de punhobol envolvendo equipes do Paraná e Santa Catarina, disse Hugues Torres.


PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages