Prefeito recebe a visita de grupo empresarial direcionado ao segmento energético

O alvo do grupo é a construção civil de médio e de grande porte em todo o Brasil.

Por ASCOM PML,
em Lages/SC   

📷 Greik Pacheco / ASCOM PML
    
N
o início da tarde desta terça-feira (24 de outubro), o prefeito Antonio Ceron recepcionou empreendedores do Grupo HTB Energia/Construtora Tedesco. Empresa com mais de 50 anos de atuação, a HTB é acionista controladora das empresas Tedesco, Kern, HTB Fit e HTA, acumulando experiência nos mercados privados de edificação, industrial e infraestrutura. O alvo é a construção civil de médio de grande porte em todo o Brasil.

No hall de assuntos em Lages esteve o projeto de construção da Usina Paequerê, a ser instalada no rio Pelotas, entre Lages e Bom Jesus (RS), em um desnível de aproximadamente 150 metros em um trecho de 80 quilômetros de rio. Teria capacidade instalada de 290 megawatts. Seriam alagados cerca de 6.100 hectares da zona núcleo da reserva da biosfera da Mata Atlântica, patrimônio mundial. Pertence ao Consórcio Empresarial Paiquerê (Cepaq), constituído pelo Grupo VotorantimAlcoa e DME Energética e atualmente está em processo de licenciamento ambiental e de repactuação de prazo.  Além disto, houve diálogo sobre Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) na Serra.

O prefeito Ceron destacou, sobre a visita, que, “são assuntos de investimentos que nos interessam, ainda mais em um momento em que estamos numa encruzilhada econômica no Brasil. A economia vem dando bons sinais. A empresa é arrojada e inovadora. Nos deixa orgulhosos saber que Lages e região despontam bons projetos.”

O gerente regional da Tedesco, Armando Niz, lembra que o objetivo da reunião foi manifestar ao prefeito Ceron e parte de seu colegiado a expectativa de construção de Usinas Hidrelétricas, “para desenvolver o parque de energia da região, que é muito rico, e também contribuir para o desenvolvimento da Serra, com perspectiva da instalação de novas indústrias. Energia é uma matéria-prima importante para o progresso da região, do Estado e do país, que possui carência de energia elétrica.”

O investidor ressalta que a infraestrutura que se deseja criar é para justamente aproveitar estas plantas que poderão ser implantadas. “Nesta linha viemos pleitear apoio para desenvolver projetos e demonstrar interesse ao prefeito em conhecer nossas intenções.” Na pauta do assunto estiveram, ainda, as conversas acerca do condomínio multissetorial Lages Business Park (em fase de documentação) e o planejamento de a prefeitura de Lages contar com um novo Centro Administrativo.

Atuação e investimentos de ponta

No acervo técnico da HTB há mais de 500 obras executadas, sete milhões de metros quadrados construídos e quatro milhões de metros cúbicos de concreto. São sete unidades espalhadas pelo Brasil e exterior: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte e Buenos Aires.

As quatro empresas geridas pela HTB estão divididas por atuação, sendo o leque composto por edificação, industrial, infraestrutura, engenharia e construção de galpões logísticos e industriais, e gestão integrada, com gerenciamento de projetos, permits e obras para clientes com grande volume, padronização e abrangência nacional.

Entre suas principais obras em portfólio estão Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) Palmeiras, em São Joaquim da Barra e Guará (SP); Retiro Velho, em Aporé (GO), e Santa Fé, em Três Rios (RJ), além da Termorio em Duque de Caxias (RJ).

Da reunião participaram, entre outras personalidades, o prefeito Antonio Ceron; secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Mario Hoeller de Souza (Marião); diretor de Turismo, Luís Carlos Pinheiro; secretário de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi; presidente da Associação Empresarial de Lages (Acil), Sadi Montemezzo, e o diretor do Lages Garden Shopping, Antonio Wiggers.


PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages