Pista limpa no principal leilão da Expolages 2017

Volume de negócios com animais neste primeiro momento se aproxima dos R$ 900 mil.

Por ASSESSORIA DE IMPRENSA
DA ASSOCIAÇÃO RURAL DE LAGES,
em Lages/SC

📷 Paulo Chagas / Divulgação

O
tradicional leilão de gado geral, realizado na tarde de sexta-feira (13), no pavilhão de arremates José Arruda Ramos, mais uma vez foi de enorme sucesso. Compradores, vendedores e demais pessoas que apreciam o desfile de animais na pista, lotaram o espaço. Em pouco mais de três horas, o leiloeiro Delamar Macedo, da Carmargo Agronegócios efetuou a última batida do martelo. Levando-se em conta o número de animais, em torno de 400, o leilão fechou em R$ 834 mil 290.

Somando o resultado do leilão de ovinos, mais as vendas diretas à galpão, que devem ultrapassar os R$ 50 mil, o volume de negócios, neste primeiro momento ficou próximo dos  R$ 900 mil. Por algumas razões, outra fração de animais deixou se inscrever o que diminuiu um pouco, o número esperado. “Independente de qualquer coisa, a qualidade dos que foram apresentados aos compradores, se manteve, e todos foram comercializados”, salientou o presidente da Associação Rural, Márcio Pamplona.

O primeiro lote, e que abriu a tarde de vendas, foi comprado por João Paulo de Sá, de São Joaquim. Ele arrematou nove fêmeas cruzadas com charoles/angus, com peso médio em 271 quilos, ao lance de R$ 1,8 mil por animal. Era o começo de uma tarde promissora de negócios. Os preços médios variaram, mas estiveram dentro do esperado. Destaque para as novilhas que alcançaram a média/quilo de R$ 6,69. Já as vacas com cria R$ 4,57; vaca prenha  R$ 4,57; o boi em R$ 5,76; e as vacas vazias em R$ 4,04.

Exportação


Na abertura do leilão, o presidente da Associação Rural, Márcio Pamplona, agradeceu lembrou de Nossa Senhora Aparecida e agradeceu à dádiva da chuva que só está trazendo benefícios, especialmente ao campo. A boa notícia, aos produtores, é de que estão sendo alinhavadas as tratativas com uma empresa de exportação nacional, para em torno de 25 a 30 mil animais machos e *inteiros, entre maio e junho de 2018. Fator que animou os criadores, que poderão esperar uma boa valorização na oferta e na procura.

PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages