Secretaria de Saúde irá descentralizar Farmácia Básica Municipal

O Projeto “Farma Fácil” surgiu durante uma reunião no bairro Guarujá, no mês de maio, com os presidentes de associações de moradores.

Por ASCOM PML,
em Lages/SC

📷 Secretária Municipal de Saúde, Odila Waldrich. (Foto: Toninho Vieira / ASCOM PML)

A
Secretaria de Saúde de Lages irá descentralizar os serviços da Farmácia Básica Municipal. Para isso serão instalados quatro polos de referência, em Unidades Básicas de Saúde (UBSs) consideradas estratégicas no município pela localização e área de abrangência. “Queremos facilitar o acesso da população aos medicamentos. Isso faz parte do conjunto de ações que estamos implantando para assegurar a promoção, proteção e recuperação da saúde”, explica a secretária da pasta, Odila Waldrich. Ainda segundo ela, nos primeiros meses de trabalho da atual gestão, a Secretaria precisou realizar pagamentos e compras emergenciais de medicamentos para atender a população. “No início do ano faltavam 98 medicamentos de uma lista com 122. Ou seja, não havia praticamente nada disponível e isso gerou um grande transtorno para todos”, esclarece Odila.

O Projeto “Farma Fácil” surgiu durante uma reunião no bairro Guarujá, no mês de maio, com os presidentes de associações de moradores. Desde então, a secretária Odila tem se reunido com a equipe técnica para discutir a efetiva implantação do serviço. “Lancei o desafio aos nossos gestores das Diretorias de Atenção Básica, Administrativa e da Farmácia Básica Municipal, que elaboraram o Projeto. Inclusive já foi muito bem aceito pelo prefeito Antonio Ceron”, destaca Odila. Com a desativação, no início do mês de agosto, da Farmácia Popular, do governo federal, todos os materiais e equipamentos, que pertencem ao Município, serão utilizados para equipar as unidades referência. Na seleção dessas Unidades foram consideradas a infraestrutura já disponível, número de pessoas beneficiadas e mobilidade urbana.

São elas: a Unidade de Saúde do Guarujá, Coral, Promorar e Santa Catarina. Cada um desses polos atenderá outros bairros de abrangência. Desse modo, a Farma Fácil Guarujá atenderá também os bairros e loteamentos Tributo, Pisani, Cristal, Moradas Lages, Vila Esperança, Gethal, São Sebastião, Guadalajara, Conta Dinheiro, Jardim Celina, Morada do Sol, Dom Daniel, São Carlos, Maria Luiza, Vila Maria, Jardim das Camélias, Passo Fundo, São José e chácaras distantes.

A Farma Fácil do Coral atenderá, inclusive, os bairros e loteamentos Santa Maria, Jardim Cepar, Caravágio, Ferrovia, Popular, São Cristóvão, Sagrado Coração de Jesus, São Miguel, Itapoã, Penha, Nadir, Vila Mariza, Jardim Panorâmico, Chapada, Bates e chácaras distantes. A Unidade do Santa Catarina ficará responsável também pela cobertura dos bairros e loteamentos Cruz de Malta, Santa Clara, Novo Milênio, Loteamento Pereá, Maria Angélica, Deco Amandio, Conte, Santo Antônio, São Luiz, Morro Grande, Centenário e Golin.

O Projeto deverá ser implantado no início do ano que vem, após a contratação de farmacêuticos e auxiliares administrativos, que irão atuar em tempo integral nas unidades referência, conforme preconiza o Conselho Regional de Farmácia. De acordo com a secretária Odila, esses profissionais serão admitidos através do processo seletivo que está em andamento. Mesmo com a implantação da Farma Fácil, a Farmácia Básica Central continuará funcionando e as demais Unidades Básicas de Saúde continuarão disponibilizando os chamados medicamentos de urgência clínica.


PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages