Ilhas caribenhas e Flórida se preparam para violento furacão Irma

Furacão de categoria 4 na escala de cinco tem ventos de 209 a 251 quilômetros por hora e poderá provocar resultados “catastróficos”, de acordo com o centro de furacões sediado em Miami.

Por REUTERS,
em Nova York/EUA

📷 Imagem da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica mostra o furacão Irma na segunda-feira (4) (Foto: HO/NOAA/RAMMB/AFP)

O
furacão Irma, se dirigindo para o Caribe e o sul dos Estados Unidos, foi atualizado para uma poderosa tempestade de categoria 4 nesta segunda-feira (4), e ilhas em seu caminho se preparam para sua chegada.

Avisos de furacão foram emitidos para territórios que pontuam as Índias Ocidentais, incluindo partes das Ilhas de Sotavento, as Ilhas Virgens Britânicas, as Ilhas Virgens Americanas e Porto Rico em preparação para o furacão que se intensifica e pode golpear a área com ventos ameaçadores à vida, surtos de tempestade e chuva torrencial até a noite de terça-feira, de acordo com o Centro Nacional de Furacões dos EUA.

Um furacão de categoria 4 na escala de cinco medidas Saffir-Simpson significa ventos sustentados de 209 a 251 quilômetros por hora com resultados “catastróficos”, incluindo árvores arrancadas e redes elétricas derrubadas, falta de água e eletricidade, e danos significativos a propriedades, causando condições inabitáveis, de acordo com o centro de furacões sediado em Miami.

O furacão Irma, agora apresentando ventos de 215 quilômetros por hora, também ameaça a costa leste dos EUA e a Flórida, que na noite desta segunda-feira declarou um estado de emergência. O centro de furacões espera que o Irma chegue ao sul da Flórida no sábado.

O centro alertou que ainda é muito cedo para prever o caminho exato da tempestade ou os efeitos que pode causar na região continental dos EUA, mas alertou sobre possíveis efeitos sobre algumas áreas posteriormente nesta semana.

“Há uma chance crescente de presenciar alguns impactos do Irma na península da Flórida e Flórida Keys (conjunto de ilhas) posteriormente nesta semana e fim de semana. Além disto, forte ressaca e condições marítimas perigosas irão começar a afetar a costa sudeste norte-americana até esta semana”, informou o centro.

O Irma será o segundo poderoso furacão a atingir os Estados Unidos e seus territórios em duas semanas.

Moradores do Texas e Louisiana ainda estão se recuperando dos eventos catastróficos do mortal furacão Harvey, que atingiu o Texas como um furacão de categoria 4 em 25 de agosto e despejou diversos metros de chuva, destruindo milhares de casas e negócios.

O Irma é previsto para se fortalecer durante as próximas 48 horas e pode “afetar diretamente a Ilha de São Domingos, as Ilhas Turcas e Caicos, as Bahamas e Cuba como um poderoso grande furacão posteriormente nesta semana”, informou o centro de furacões.

Em preparação para a tempestade, o governo de Porto Rico, que luta economicamente, declarou nesta segunda-feira um estado de emergência e ativou a Guarda Nacional.

“Apesar dos desafios econômicos que Porto Rico está enfrentando, o orçamento aprovado possui 15 milhões de dólares para o fundo de emergência”, disse o governador Ricardo Rosselló em comunicado.
A ilha de cerca de 3,4 milhões de habitantes possui 456 abrigos preparados para receber até 62.100 pessoas.


A American Airlines, que na semana passada esteve entre diversas companhias aéreas norte-americanas com operações afetadas pelo furacão Harvey, cancelou preventivamente nove voos marcados para serviços na Ilha de São Martinho e Ilha de São Cristóvão e Nevis em 5 e 6 de setembro.

PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages