Em menos de 3h, PM prende oito motoristas embriagados

Casos aconteceram entre 01h50 e 4h45 deste domingo, sendo que em três das ocorrências, houve o registro de acidente.

Por LAGES DIÁRIO,
em Lages/SC

📷 Ilustrativa

A
madrugada deste domingo (13) foi de muito trabalho para a Polícia Militar que atendeu em pouco menos de três horas a sete ocorrências de embriaguez ao volante, sendo que em três houve o registro de acidente de trânsito. Apesar dos três acidentes, em nenhuma delas teve feridos em estado grave, apenas lesões leves e escoriações. Os casos aconteceram entre 01h50 e 4h45 da manhã.

A primeira ocorrência foi por volta das 01h50, na rua Otacílio Vieira da Costa, no Centro de Lages. A guarnição abordou um veículo Fiat Palio com placas de Lages, pois o motorista aparentava estar em estado de embriaguez. Abordado, o motorista de 37 anos, estava visivelmente embriagado, mas recusou-se a fazer o teste do bafômetro, mas foi detido e levado à delegacia para as providências cabíveis.

No segundo atendimento da PM à ocorrência de embriaguez ao volante, foi registrado o primeiro acidente de trânsito. Foi por volta das 03h25, na avenida Presidente Vargas, no bairro Sagrado Coração de Jesus, onde um VW Saveiro colidiu na traseira de um VW UP Cross, ambos de Lages, o qual o UP ao ser atingido acabou o motorista perdendo o controle do veículo, invadindo a calçada e atingindo uma mulher. Quando a guarnição chegou ao local, a mulher não estava mais no local. Os dois condutores, um de 58 e outro de 28 anos, estavam visivelmente embriagados, mas se recusaram a realizar o teste do bafômetro. O condutor de 58 anos, sofreu lesões leves, mas dispensou o atendimento médico. O VW Saveiro foi removido ao pátio por não apresentar em tempo hábil condutor habilitado, e o VW Up foi liberado para condutor habilitado.

Cerca de 30 minutos depois, por volta das 03h55, a terceira ocorrência da noite, a Polícia Militar em rondas abordou na avenida Belizário Ramos, no Centro, abordou o VW Gol com placas de Lages, pois o veículo passou pela viatura com o protetor do cárter no chão. Na abordagem, foi observado que o condutor de 21 anos apresentava odor etílico. Foi oferecido teste do bafômetro, constatados 0,37mg/L. O veículo foi notificado e removido ao pátio.

Já passava das 04h20, cerca de 50 minutos de ter atendido a um acidente na avenida Presidente Vargas, envolvendo motoristas alcoolizados, a PM voltou a atender a uma ocorrência do gênero na mesma avenida a poucos metros do outro acidente. Desta vez, no semáforo da referida avenida com a avenida Brasil. Segundo relatos dos envolvidos, ambos trafegavam pela avenida Presidente Vargas no sentido Centro/Coral, quando no cruzamento com a avenida Brasil, a condutora do GM Celta, de 19 anos, parou o veículo, pois o semáforo estava fechado. Não observado o fato, J.R., de 36 anos, condutor do VW Gol que vinha logo atrás não parou, vindo a colidir na traseira do Celta. J.R. apresentava visivelmente estado de embriaguez, recusou-se a fazer o teste do bafômetro, além disso, o VW Gol apresentava inúmeras irregularidades, tais como adulteração na placa de identificação que tratava-se de um Fiat Marea, e o chassi que estava suprimido, impossibilitando a identificação do veículo e confecção das notificações, sendo removido ao pátio. Devido ao acidente, a passageira do Gol, de 25 anos, teve lesões leves, sendo conduzida ao hospital.

A quinta ocorrência da noite ocorreu por volta das 04h40, quando a guarnição da Polícia Militar foi acionada na avenida Dom Pedro II em frente ao Colégio Industrial de Lages, no sentido Coral/Triângulo para atendimento a um acidente de trânsito envolvendo três veículos. No local, no cruzamento com a rua Cruz e Souza, a condutora do VW Saveiro, de 55 anos, parou, devido ao semáforo estar fechado. W.R., de 28 anos, condutor do Renault Clio que vinha atrás não conseguiu parar e colidiu na Saveiro. Um terceiro veículo, um Fiat Uno conduzido por um homem de 38 anos, colidiu no Clio que foi projetado de novo contra a Saveiro. O motorista do Uno não era habilitado e não apresentava condições para falar devido seu visível estado de embriaguez, sendo observado vestes desalinhadas, olhos avermelhados, andar cambaleante e odor etílico, além de uma leve lesão na mão direita devido ao acidente. Oferecido teste do bafômetro, o qual foi realizado pelos dois primeiros condutores, e recusado pelo condutor do Uno. O Uno estava com licenciamento atrasado, sendo removido ao pátio.

Durante a ocorrência na avenida Dom Pedro II, a PM ainda abordou um Fiat Palio conduzido por um homem de 30 anos, o qual também apresentava estar em estado de embriaguez. Foi submetido ao teste do bafômetro, o qual apresentou 0,88mg/L. Como não apresentou-se nenhum condutor habilitado em tempo hábil, o Fiat Palio também foi removido ao pátio.

E após seis ocorrências em menos de três horas, a PM ainda atenderia mais uma, era por volta das 04h45, quando a guarnição durante rondas na praça Valdo Costa Ávila, no Centro, em frente à delegacia da Polícia Civil, avistou um veículo GM Celta andando em zigue-zague. O condutor do veículo, de 31 anos, foi abordado e em teste de bafômetro apresentou 0,87mg/L. O veículo foi removido ao pátio por não apresentar condutor habilitado em tempo hábil.


Em todas as ocorrências, os condutores embriagados foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil para as devidas providências, e todos presos em flagrante por dirigir sob efeito de álcool ou drogas.  

PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages