Prefeito e secretários definem novas medidas para amparar população atingida pelas enchentes

Entre os assuntos, a novidade da base da Polícia Militar, no Calçadão, como um novo ponto de arrecadação de doações.

Por ASCOM PML,
em Lages/SC

📷 Prefeito Antonio Ceron se reuniu com secretários para definir novas medidas sobre a situação das enchentes em Lages. (Foto: Carlos Alberto Becker / ASCOM PML)

N
a noite desta segunda-feira (5), o prefeito Antonio Ceron e o vice Juliano Polese se reuniram com os secretários municipais correlacionados à amenização dos efeitos das enchentes que voltaram a assolar Lages. A finalidade do encontro, realizado no Ginásio Jonse Minosso, foi de discutir o andamento dos trabalhos junto às famílias atingidas e tomar novas decisões para os próximos dias. Somente no domingo (4) houve acúmulo de 182 milímetros em 24 horas. Participaram do encontro o secretário-executivo da Defesa Civil, Jean Felipe de Souza; da Assistência Social e Habitação, Samuel Ramos, e de Assuntos Comunitários, Marli Nacif, além do presidente da União das Associações de Moradores, Carlos Costa (Tita); o superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FME), Nilson Cruz e o comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Alfredo Nogueira.


Um dos pontos da reunião foi a disponibilização da base da Polícia Militar (PM), no Calçadão da Praça João Costa, para receber doações (ênfase em alimentos e produtos de higiene pessoal) diariamente, das 7h às 22h. A Polícia está colaborando, entre outras atividades, na ronda preventiva nos abrigos, cadastramento de famílias e na triagem de doações no Ginásio Jones Minosso.

O Jones Minosso é o local onde estão sendo armazenados donativos, servindo, ainda, como um dos abrigos para 50 pessoas, por enquanto, que deixaram suas casas devido às inundações ou risco de desabamento por deslizamento de terra. São 257 desabrigados em Lages, recolhidos em sete locais.

Durante a reunião foi averiguado que as peças de vestuário são o tipo de doação que lideram o montante. A partir de agora o foco a ser intensificado será a divulgação da necessidade de doação de gêneros alimentícios não perecíveis (arroz, feijão, farinha de trigo, fubá, macarrão) e artigos de higiene pessoal (toalha, escova e creme dental, sabonete, absorvente, xampu). Busca-se armazenar na Defesa Civil municipal os mantimentos encaminhados pelo Estado e no Jones Minosso, os angariados de empresas, entidades e pessoas voluntárias.

Na ocasião, o prefeito Ceron demonstrou sua preocupação para que a doação das roupas e calçados inicie em breve para que a comunidade seja atendida. Cobertores acolchoados e roupas de cama também estão sendo arrecadados. A ideia é começar as entregas pelos bairros mais prejudicados, onde se encontram os abrigos habilitados e ativados.

📷 Antonio Ceron visitou desabrigados que estão alojados no ginásio Jones Minosso. (Foto: Carlos Alberto Becker / ASCOM PML)
Organização

Para organizar o trabalho, o prefeito reivindicou apoio da União, que mobilizará as associações de moradores já nesta terça (6), pois pretende-se distribuir os donativos com planejamento e de forma simultânea em diversos locais. Um dos espaços com maior número de pessoas é a sede do Pinheirinho, às margens da BR-282, onde havia cerca de 60 abrigados, pulando para 150 nesta segunda-feira. “Nesta reunião ampliada se buscou fazer um resumo do que está acontecendo e dialogar sobre o que está por vir. A previsão faz com que nós não recomendamos nenhum retorno das pessoas para casa. Entendemos que há uma cooperação muito grande da comunidade. E gostaríamos de centralizar os pedidos de ajuda para alimentos, pois há muitas famílias com a despensa e a geladeira vazias. Elas precisam que o coração generoso do povo lageano colabore. Este é o nosso apelo”, comenta o prefeito.

Cadastramento das famílias atingidas

Na oportunidade, o prefeito Antonio Ceron ressaltou que continua a ser cumprida a tarefa de cadastramento dos afetados para que a Defesa Civil do Estado possa encaminhar kits de higiene pessoal e de limpeza doméstica, além de mantimentos. Estima-se que mais de 400 famílias serão beneficiadas. Coleta de assinatura e fotografias serão registradas como prestação de contas. “Estamos permanentemente atentos. As previsões ainda indicam chuvas até quinta-feira. Depois deste período virá frio e tempo seco. Nossa atenção está concentrada em bem atender a comunidade e manter a proteção e o bom atendimento nos abrigos”, salienta.


PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Música