O campeão dos campeões: Real Madrid goleia Juventus e levanta a taça pela 12ª vez

Cristiano Ronaldo faz dois gols, ultrapassa Messi na artilharia e faz o seu gol 600 na carreira; Casemiro e Asensio também marcaram. Mandzukic descontou para a Velha Senhora .

Por LD ESPORTES,
em Cardiff, País de Gales

📷 Reuters

O
confronto da final da Liga dos Campeões da Europa era o mais aguardado do ano ou melhor dizendo da temporada, o encontro entre o melhor ataque contra uma das mais sólidas defesas do mundo, Real Madrid e Juventus se enfrentaram na tarde deste sábado (3) – horário de Brasília – noite em Cardiff, sede da grande final, em País de Gales e após uma partida impecável dele novamente, Cristiano Ronaldo, os madrilenhos não tomaram conhecimento da “Velha Senhora” e golearam por 4 a 1 e levantaram a “orelhuda” pela décima segunda vez em sua história –o maior campeão da competição.


O jogo até começou com as duas equipes fazendo jus ao que fizeram ao longo da temporada, ou seja, o Real Madrid explorando bem o seu lado ofensivo e a Juventus se segurando na defesa e explorando os contra-ataques. Mas isso era visto que seria arriscado, ainda mais em uma final e aos 19 minutos, livre pela direita, Cristiano Ronaldo toca para Carvajal que devolve para CR7 que sem titubear chuta rasteiro e com auxílio de um desvio de Bonucci abriu o placar. Nem deu muito tempo para comemorar, a Juventus empatou com um golaço de Mandzukic. Alex Sandro começou a jogada pela esquerda cruzou para Higuaín que escorou para Mandzukic dominar e dar uma meia bicicleta e encobrir o goleiro Navas. Tudo igual na primeira etapa, 1 a 1.

Na segunda etapa, a Juventus se manteve com a mesma proposta e explorando os contra-ataques, mas isso seria um erro ainda mais com o poderio ofensivo do Real Madrid e aos 15 minutos os madrilenhos chegariam ao segundo gol com um verdadeiro golaço do brasileiro Casemiro. O brasileiro Alex Sandro, da Juve, cortou a bola saiu da área e Casemiro de primeira mandou uma bomba, a bola desviou em Khedira e enganou o goleiro Buffon que ainda tentou chegar na bola, mas não conseguiu. A partir deste momento, o Real cresceu ainda mais na partida e a Juve pouco chegava no ataque, e não demorou muito para que o Real ampliasse a diferença, Modric aos 19 minutos tabelou com Carvajal, que vai ao fundo para cruzar, Cristiano Ronaldo antecipou e chutou firme para ampliar e fazer o seu gol de número 600, além de ultrapassar Messi na artilharia da Champions desta temporada.

O jogo já se encaminhava para o final quando o Real Madrid fechou a conta com o quarto gol, e ele veio através dos pés de Asensio que recebe bola açucarada do brasileiro Marcelo aos 44 minutos da segunda etapa. O árbitro deu quatro minutos de acréscimo, a Juve se atirou pra cima numa medida desesperada, mas pouco pode fazer e restou ao Real Madrid se segurar e até mesmo explorar os erros da “Velha Senhora” e ao encerrar partir pra comemoração do décimo e segundo título da Liga dos Campeões, o campeão dos campeões, já que é o maior vencedor da competição.

Ficha Técnica
Juventus 1x4 Real Madrid
Buffon
Keylor Navas
Barzagli (Cuadrado)
Carvajal
Bonucci
Varane
Chiellini
Sergio Ramos
Daniel Alves
Marcelo
Khedira
Casemiro
Pjanic (Marchisio)
Kroos (Morata)
Alex Sandro
Modric
Mandzukic
Isco (Asensio)
Higuaín
Cristiano Ronaldo
Dybala (Lemina)
Benzema (Gareth Bale)
Técnico: Massimiliano Allegri
Técnico: Zinedine Zidane


PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Música