Boletim das 11h: rio Carahá está 6,27 metros acima do normal

Água do rio Carahá está começando a ter pouco escoamento devido ao represamento no rio Caveiras.

Por LAGES DIÁRIO
em Lages/SC

📷 Imagens aéreas dão uma dimensão do que resultou a chuva de ontem, domingo (4) em Lages. (Foto: 5ª Cia de Aviação da PM / Divulgação)

A
Defesa Civil de Lages divulgou às 11h, um novo relatório sobre a situação em Lages após as chuvas que provocaram diversos transtornos na cidade neste domingo (4). O relatório aponta que nas últimas 24 horas choveu 160mm, o volume é muito mais do que o esperado para todo o mês de junho e devido a todo esse volume, o nível do rio Carahá continua subindo, sendo na última medição, ele está 6,27 metros acima do normal e já transbordou na região do bairro Habitação, na zona Leste de Lages.


O novo relatório aponta ainda uma estimativa de cerca de 6 mil pessoas tenham sido afetadas pelas chuvas de ontem, domingo (4), sendo que 217 pessoas estão desabrigadas e foram alocadas em sete abrigos nos bairros Guarujá, Habitação, Universitário, Passo Fundo (Sede do Pinheirinho, BR-282) e no Ferrovia.

A situação ainda é preocupante, principalmente pelos efeitos do refluxo, já que as águas do rio Caveiras começam a represar a água do rio Carahá que não consegue escoar. A Defesa Civil monitora o rio de hora em hora.


Houve registros de pequenos deslizamentos na encosta do Morro Grande, na zona Sul de Lages e famílias começam a ser retiradas do local, já que ainda há chance de novos escorregamentos devido ao solo ainda estar muito encharcado. 4