Boletim das 08h: mais de 215 pessoas desabrigadas em Lages

Previsão indica mais chuva, o que pode agravar a situação dos bairros atingidos pela chuva deste domingo (4).

Por LAGES DIÁRIO
em Lages/SC

📷 Avenida Belizário Ramos que no domingo foi tomada pela água, nesta segunda-feira máquinas trabalham para tirar a lama que ficou sobre a pista em frente ao Fórum Nereu Ramos. (Foto: Marcelo Pakinha / ASCOM PML) 

A
Defesa Civil de Lages divulgou no início da manhã desta segunda-feira (5),  mais um relatório atualizado sobre a situação em Lages após as chuvas que provocaram diversos transtornos na cidade neste domingo (4). O relatório aponta que nas últimas 24 horas choveu 172mm, o volume é muito mais do que o esperado para todo o mês de junho.

ERRATA: anteriormente havíamos informado que seriam 255 pessoas desabrigadas, o número atualizado segundo relatório da Defesa Civil divulgado às 10h50 é de quem o número correto de desabrigados é 217. 


A situação ainda preocupa, principalmente nos bairros Sagrado, São Cristóvão, São Sebastião, Guarujá, Passo Fundo, Dom Daniel e Ferrovia, até o momento os mais atingidos pela chuva de ontem, domingo (4) em Lages. O nível do rio Carahá na medição feita às 08h apontou que ele está 5,92 metros acima do nível normal, mas em alguns pontos ele já voltou pra dentro da caixa e algumas vias já estão liberadas para o tráfego. Os rios Passo Fundo e Ponte Grande continuam fora da caixa em algumas partes. A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros estão percorrendo os bairros de Lages para atender aos atingidos.

Sete abrigos estão ativos para receber os desabrigados, são eles:

• Associação de Moradores do bairro Guarujá (30 pessoas – lotado)
• Sede de Campo do Pinheirinho – na BR 282 (60 pessoas)
• Ginásio Jones Minosso, no bairro Universitário (10 pessoas)
• Associação de Moradores do bairro Ferrovia (30 pessoas)
• Associação de Moradores do bairro Universitário (16 pessoas)
• Associação de Moradores do bairro Habitação (55 pessoas)
• Associação de Moradores do bairro Caça e Tiro (16 pessoas)

Total de desabrigados: 217 pessoas

Represamento do rio Carahá pode ocorrer devido ao nível do rio Caveiras estar elevado, por isso a Defesa Civil mantém o risco alto de movimentos de massa e inundação para Lages e como ainda há a chance de chuva para esta segunda-feira (5), o alerta se mantém.

Contatos com a central de atendimento da Defesa Civil que funciona no segundo piso do Terminal Rodoviário, ou então pelos números 199 ou (49) 98406-4037.

PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages