Agricultura faz levantamento das estradas e pontes do interior de Lages

O transporte de madeira em dias de chuva tem destruído parte das melhorias já feitas pela prefeitura nos cinco primeiro meses do ano.                                         
                                           
Por ASCOM PML,
em Lages/SC

📷 Situação das estradas do interior têm se agravado devido ao transporte de madeiras em dias de chuva. (Foto: Robinson Spuldaro / Secretaria de Agricultura e Pesca de Lages)

É
crítica a situação das estradas e pontes do interior do município de Lages depois de uma semana de chuvas. Um levantamento dos estragos já está sendo feito por equipe técnica da Secretaria da Agricultura e Pesca. O secretário Osvaldo Uncini, juntamente com o prefeito Antonio Ceron, farão, na sexta-feira (02), um sobrevoo de helicóptero (Águia 4), pelo interior do município, para verificar a real situação de pontes e estradas avariadas pelas chuvas e enxurradas.


Segundo o secretário parte das melhorias feitas pela Secretaria da Agricultura, nos primeiro cinco meses do ano, foi avariada pelas chuvas e também por carretas de transporte de madeira. Este tipo de transporte (carga pesada) não pode ser feito em dias de chuva, pois geralmente os caminhões para transporem nas estradas precisam ser rebocados por tratores, e isso provoca a destruição dos pontos já patrolados e cascalhados pelas equipes de manutenção das estradas vicinais.

Uncini disse que têm empresas que colaboram com a manutenção das estradas, porém têm também aquelas que não respeitam as normas e continuam transportando madeira em dias de chuvas, o que é proibido. “É preciso criar uma lei que puna esses infratores, pois caso contrário o trabalho feito pela prefeitura de nada adiantará”, falou.


Uma das pontes que estão interditadas é a do Rio Pelotinhas, na região de São Jorge e Bodegão. Esta ponte esteve submersa durante vários dias devido às enchentes.