Ações emergenciais da Defesa Civil e da prefeitura minimizam os impactos causados às famílias atingidas

Para se ter uma ideia, estima-se que quase a totalidade dos 1.500 quilômetros das estradas da área rural tenha sido danificada e a maioria das pontes sofreu avarias.

Por ASCOM PML,
em Lages/SC

📷 Marcelo Pakinha / ASCOM PML

“O
Município não tem condições de arcar sozinho com os prejuízos causados pelas chuvas que assolam Lages já há duas semanas de forma intermitente, provocando fortes enxurradas e enchentes.” A afirmação é do prefeito Antonio Ceron durante a passagem do governador Raimundo Colombo por Lages na terça-feira (6).


Com o decreto de Situação de Emergência, já assinado pelo prefeito, Lages será credenciada a receber recursos tanto do governo do Estado como do Governo Federal. Para isso um levantamento completo da situação já está sendo elaborado pelas secretarias envolvidas.

Durante a visita a Lages o governador reafirmou que a prioridade neste momento é o atendimento às pessoas atingidas pelas chuvas. “Existe um Fundo da Defesa Civil criado em 2011 que assegura recursos aos municípios afetados.”

Em Lages, as chuvas causaram estragos tanto nas vias urbanas como nas estradas do interior. Para se ter uma ideia, estima-se que quase a totalidade dos 1.500 quilômetros das estradas da área rural tenha sido danificada e a maioria das pontes sofreu avarias.

Uma ação conjunta da Defesa Civil, poder público municipal, e órgãos da Segurança Pública, tem prestado todo o auxílio necessário às pessoas e famílias atingidas pelas chuvas. A previsão dos serviços meteorológicos é de que a chuva continue até quinta-feira (8) e, portanto, o alerta da Defesa Civil continua.

Ações emergenciais

Em Lages, as cerca de 300 pessoas atingidas pelas enchentes estão sendo atendidas em abrigos municipais, onde recebem alimentação, assistência médica e psicológica, e atividades de recreação. Ao todo, em torno de seis mil pessoas foram afetadas. E com a previsão de frio para os próximos dias, a Defesa Civil, juntamente com a prefeitura, estão providenciando, principalmente, a entrega de roupas, cobertores e produtos de higiene pessoal. Na sequência, serão repassados os kits de limpeza doméstica. Tudo isto doado, em parte, pela população, por empresários e pelo Governo do Estado.
Campanhas de doação de alimentos e roupas de cama foram realizadas e vários são os postos de coleta, entre os quais os órgãos públicos da prefeitura, Câmara de Vereadores e o posto da Polícia Militar no calçadão central de Lages. O Ginásio Jones Minosso está sendo utilizado como abrigo e ponto de coleta.

Infraestrutura afetada

Nos intervalos das chuvas, as secretarias municipais de Serviços Públicos e Meio Ambiente; Planejamento e Obras, e Agricultura e Pesca, trabalham conjuntamente para manter em condições de trafegabilidade as ruas, avenidas e estradas do interior. Enfim, todas as demais secretarias e órgãos ligados à prefeitura, especialmente as secretarias de Saúde, Educação, Assistência Social e Habitação, e de Política para a Mulher e Assuntos Comunitários, trabalham redobrado para atender a população, principalmente a comunidade atingida diretamente pelas enchentes.

Recomendações da Defesa Civil

Alagamentos/Inundações: evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Deslizamentos de terra: deve ser observado qualquer movimento de terra ou rochas próximas a residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil municipal pelo 199 ou o Corpo de Bombeiros 193.

Tempestades com descargas elétricas (raios) e ventos fortes: proteja-se em local abrigado, longe de placas, de árvores, de postes de energia e de objetos que podem ser arremessados. Se não encontrar um abrigo, agache-se com os pés juntos, com a cabeça encostada em seu peito ou entre os joelhos e as mãos cobrindo suas orelhas ou apoiadas em seus joelhos. Se estiver em casa ou qualquer outro local abrigado, desligue os aparelhos eletrônicos, não use o telefone, fique longe das janelas e lembre-se, o banheiro em alvenaria é o melhor local durante uma tempestade.


PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Música