Moradores pedem linha de ônibus entre o Guarujá e shopping

Lages é uma das cidades com mais de 30 mil habitantes que mais geraram empregos em abril

Segundo o Caged, em Lages teve saldo positivo de 503 pessoas. No estado, o total foi de 1,839 novos empregos.

Por LAGES DIÁRIO,
em Lages/SC

📷 Antonio Carlos Mafalda / Arquivo / SECOM 

F
oi divulgado nesta terça-feira (16), o relatório do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) com os dados coletados em abril deste ano, e Santa Catarina, seguindo a tendência do país, apresentou um saldo positivo, sendo que no último mês foram gerados 1.839 empregos no mercado formal de trabalho no Estado. A cidade de Lages, na Serra Catarinense, é uma das cidades com mais de 30 mil habitantes que mais geraram vagas de emprego, totalizando 503.


Segundo o balanço do mês de abril, foram contratadas 68.039 pessoas e demitidas 66.200. O setor de serviços foi o que mais gerou empregos ficando com 1.226 vagas de saldo e o de indústria da transformação (819 vagas). A indústria de transformação, o subsetores têxtil do vestuário e artefatos de tecidos se destacou com a abertura de 400 vagas.

No ano, Santa Catarina segue se destacando, sendo que o quadrimestre apresenta uma variação de 313% se comparado com o mesmo período de 2016. Ao todo em 2017 foram gerados 23.343 vagas contra 5.657 pessoas contratadas no ano passado.


Entre as cidades que mais geraram empregos com mais de 30 mil habitantes, lideram os maiores saldos as cidades de São José, na Grande Florianópolis (748 vagas), Joinville, no Norte (664 vagas) e Lages (503 vagas). São José e Lages o setor de serviços foi o que apresentou maior número de vagas e em Joinville foi a indústria de transformação responsável pela maioria das vagas.