Em reforço recorde de efetivo, Polícia Militar de SC dá início à formação de 950 novos soldados

Foram chamados os aprovados no último concurso realizado para a PM, 866 homens e 84 mulheres.

Por ALEXANDRE LENZI da SECOM SC,
em Florianópolis/SC

📷 James Tavares / SECOM SC

O
s 950 novos soldados que serão incorporados ainda neste ano à Polícia Militar de Santa Catarina já estão em formação. São 866 homens e 84 mulheres, que se apresentaram para a chamada do último concurso público e começaram oficialmente nesta terça-feira, 2, em cerimônia em Florianópolis, a formação militar. 


O ato de abertura do curso contou a presença do governador Raimundo Colombo, do vice Eduardo Pinho Moreira, do secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, e do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Henrique Hemm. A cerimônia integra também a programação de aniversário da corporação, que completa 182 anos na próxima sexta-feira, dia 5.

Em discurso aos novos policiais, o governador Raimundo Colombo ressaltou a importância da profissão. “Essa não é só uma carreira profissional, é também uma missão de vida, uma entrega pessoal para proteção da sociedade, onde os profissionais colocam a própria vida em risco para proteger quem não conhece, colocam toda sua força para defender quem não tem mais forças. Hoje, a Segurança Pública de Santa Catarina fica mais forte com o trabalho de cada um desses novos soldados, que receberão um completo treinamento a partir de agora”, afirmou Colombo.

“Cada um destes 950 jovens inicia uma caminhada árdua, duradoura, mas acima de tudo muito nobre”, acrescentou o vice Pinho Moreira, lembrando que a decisão pela convocação é uma demonstração de que a segurança pública é uma área prioritária para o atual governo. O salário inicial do policial militar em Santa Catarina é de R$ 4.845,82. O impacto dos novos convocados será de cerca de R$ 5,2 milhões por mês na folha de pagamento, o que representa um total de R$ 70 milhões por ano, considerando 13º salário e férias.

Além do reforço no efetivo, Colombo lembrou que Santa Catarina está investindo fortemente em melhorias na infraestrutura do setor, na renovação de frota e de equipamentos e no aprimoramento de tecnologia, para enfrentamento à violência. “Somos testemunhas de quanto o atual governo investiu em qualificação e valorização dos nossos policiais militares, resgatando compromissos, realizando promoções e oferecendo mais e melhores condições de trabalho, potencializando as atividades da corporação”, agradeceu o comandante-geral da PM, coronel Paulo Henrique Hemm.

O comandante explicou que a partir desta terça-feira, os 950 alunos têm o ingresso como policiais militares e participarão de cerca de oito meses de curso, com conclusão prevista para dezembro. Durante o treinamento, eles serão distribuídos entre Florianópolis e quartéis de outras 15 cidades. Após a formação concluída, os novos profissionais serão efetivamente distribuídos de acordo com critérios técnicos, como aumento populacional de cada cidade, número de ocorrências locais e demandas reprimidas.

O secretário César Augusto Grubba destacou que, sem contar os novos policiais que estão em formação a partir de agora, Santa Catarina já recebeu, desde 2011, cerca de 7 mil novos servidores na área da segurança pública, entre policiais militares, civis, bombeiros, peritos e auxiliares criminalísticos.



PREVISÃO DO TEMPO

CURTA O LD

SEGUIDORES

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia

Enquete: qual candidata você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2017?

Organizador do Bike Serra morre em acidente em Lages