Em menos de 04h, seis motoristas são presos por dirigirem embriagados

Os casos aconteceram entre 22h50 de sábado e 03h10 de domingo em Lages.

Por LAGES DIÁRIO,
em Lages/SC



A
Polícia Militar teve trabalho na noite de sábado (20) e madrugada deste domingo (21) ao atender a seis ocorrências de embriaguez ao volante, entre 22h50 noite e 03h10 da manhã em Lages, isso sem contar com a ocorrência de acidente na avenida Duque de Caxias que foi às 22h45.


A primeira ocorrência foi às 22h50 na rua Humberto de Campos, no bairro Sagrado Coração de Jesus. Segundo a PM, a guarnição estava em um pátio de um posto de combustíveis quando avistou um homem de 35 anos em visível estado de embriaguez embarcar no veículo VW Gol com placas de Lages e sair do posto e parar em um bar próximo ao posto. A guarnição o acompanhou e o abordou, mas o mesmo se recusou a desligar o motor do veículo e a descer do mesmo e ao tentar fugir acabou deixando o carro apagar quase colidindo na viatura. O mesmo estava com forte odor etílico, desequilíbrio e olhos avermelhados, cabisbaixo e sonolento. Oferecido o teste do bafômetro, o homem recusou-se a realizar. Diante dos fatos, foi confeccionado boletim de ocorrência de Prisão em Flagrante e também Auto de Constatação de Embriaguez. O veículo foi removido ao pátio pois nenhum condutor habilitado se apresentou em tempo hábil.

Na segunda ocorrência, já na madrugada deste domingo (21), a guarnição flagrou por volta das 01h da manhã, o momento que um jovem de 27 anos que conduzia um SUV Mitsubichi MMC ASX com placas de Lages avançou o sinal vermelho das ruas Nereu Ramos com a Manoel Thiago de Castro, no Centro, em alta velocidade. A viatura o acompanhou e o mesmo passou ainda em alta velocidade em frente a uma casa noturna onde haviam muitos pedestres em frente ao local e não parou nas rótulas da Marechal Floriano com a Marechal Deodoro e seguiu sentido Unifacvest em alta velocidade e ao chegar no cruzamento da avenida Marechal Floriano com a rua Sete de Setembro, onde realizou conversão em local proibido e acabou sendo abordado pela guarnição. Ao abordá-lo, o condutor estava visivelmente embriagado, recusando-se a fazer o teste do bafômetro. Devidas as circunstâncias, foi confeccionado Auto de Constatação de Embriaguez, o condutor foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia. O carro foi recolhido ao pátio pois nenhum condutor habilitado apresentou-se para retirá-lo em tempo hábil.

Cerca de 15 minutos depois, um outro condutor foi preso em flagrante por dirigir embriagado em Lages. A ocorrência desta vez foi na Praça Antonio Macedo, no bairro Coral. A guarnição foi acionada devido a um rapaz estar alcoolizado ao volante, no pátio de um posto de combustíveis próximo à “Rótula dos Bois”. Chegando ao local, a guarnição foi informada por populares que o mesmo havia saído em direção ao bairro Várzea pela avenida Primeiro de Maio. Quando a guarnição seguia pela referida via, visualizou o referido veículo um VW Quantum com placas de Lages retornando ao posto. O veículo foi abordado, foi constatado que o condutor de 39 anos apresentava sinais de embriaguez, sendo submetido ao teste do bafômetro, o qual constatou medida considerada 1,04 mg/L. Devido aos fatos, o mesmo foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia para as devidas providências. O carro foi recolhido ao pátio devido a ninguém habilitado se apresentar em tempo hábil.

A quarta ocorrência seria 20 minutos mais tarde, por volta das 01h35, na avenida Presidente Vargas, no Coral. Durante rondas, a guarnição deparou-se com veículo Fiat Uno com placas de Lages transitando na contramão, avançando sinal vermelho do cruzamento da avenida Presidente Vargas com a avenida Brasil, realizando retorno em local proibido e na sequência transitando em zigue-zague em frente à viatura. O mesmo foi abordado no próximo cruzamento, constatado que o seu condutor era um jovem de 20 anos em visível estado de embriaguez. O condutor relatou que tomou somente uma garrafa de cerveja. Diante dos fatos, o jovem foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia para as devidas providências. O carro foi guinchado após ninguém habilitado se apresentar em tempo hábil.

Na quinta ocorrência de embriaguez o volante, o caso aconteceu por volta das 02h30 na rua Frei Gabriel, no bairro Universitário. A guarnição quando em rondas flagrou o momento em que um homem de 34 anos exibia-se no volante do veículo Toyota Troller com placas de Lages fazendo “zerinhos” na praça ao lado da Rodoviária ainda atravessando o canteiro central da avenida Dom Pedro II, avançando o sinal vermelho no cruzamento com a  rua Frei Gabriel, sendo abordado na sequência. Durante a abordagem, o condutor apresentava-se visivelmente estado de embriaguez com desordem nas vestes, odor etílico, olhos avermelhados, fala exagerada. O mesmo admitiu ter bebido certa quantidade de vinho em uma janta, porém recusou-se a realizar teste do bafômetro. Diante dos fatos, o mesmo foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia. O veículo foi liberado para condutor habilitado. A CNH não foi recolhida pois o condutor não a portava no momento da abordagem.


Na última ocorrência de embriaguez ao volante da noite, a guarnição foi acionada por volta das 03h10 na avenida Primeiro de Maio, no bairro Várzea, em frente a uma casa de bailes, para atender a uma ocorrência de acidente de trânsito. No local, a guarnição constatou que o acidente envolvia um GM Corsa e um Fiat Uno, ambos de Lages. Os condutores dos dois veículos, um de 36 anos e outro de 43 anos, apresentavam sinais de embriaguez sendo que o motorista de 36 anos que conduzia o Corsa se recusou a fazer o teste do bafômetro. Já o motorista do Fiat Uno estava impossibilitado de fazê-lo, sendo conduzido pelo SAMU ao Pronto Atendimento Tito Bianchini, no Centro. No Corsa ainda estavam uma mulher de 29 anos, esposa do condutor, a qual estava ferida levemente no rosto, sendo também conduzida para atendimento médico. Diante dos fatos, o Corsa foi liberado para condutor habilitado e veículo Uno foi removido ao pátio. Confeccionado Auto de Constatação de Embriaguez ao condutor do Corsa, sendo encaminhado à delegacia para as providências cabíveis, sendo confeccionado Boletim de Ocorrência de Prisão em Flagrante.